Jovens aprendizes presenteiam profissionais de saúde do Paraná com cartas de agradecimento

 

Em Curitiba, 400 envelopes com palavras de agradecimento foram entregues à Secretaria Municipal de Saúde, que fará a distribuição
Créditos: SMCS

Com palavras de motivação, desenhos e poesias, mensagens emocionam especialistas que estão atuando na linha de frente no combate à covid-19

Poesias, palavras de gratidão e desenhos coloridos que demonstram a luta diária dos profissionais que, há quase 17 meses, estão trabalhando no combate à covid-19 no Paraná. É dessa maneira que jovens aprendizes estão homenageando os profissionais da saúde de todo o estado. A iniciativa está sendo realizada pelo CIEE/PR e até agora mais de 750 cartas já foram entregues.

No Noroeste do estado, os profissionais da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paranavaí foram surpreendidos por um varal com dezenas de cartas escritas por jovens aprendizes do município e de cidades vizinhas, como Paraíso do Norte e Loanda. “A gente sabe que ainda tem muita coisa para enfrentar, mas ver as pessoas reconhecendo o nosso trabalho é um sentimento de dever cumprido mesmo, de satisfação e de gratidão”, comentou o médico Gerson Hisao Sumida, durante a ação.

Na capital do estado, 400 envelopes com palavras de agradecimento foram entregues à Secretaria Municipal de Saúde, que fará a distribuição aos profissionais de saúde. “Nós sabemos as dificuldades que médicos, enfermeiros e todos que atuam na área vêm enfrentando durante a pandemia. Esses jovens se comoveram e quiseram demonstrar todo o reconhecimento pelo exemplo e dedicação dos que estão lutando contra a covid-19”, afirmou o presidente do CIEE/PR, Domingos Murta. 

Na ocasião, a gerente da Divisão de Capacitação e Cidadania do CIEE/PR, Simone Paulin, lembrou que muitos jovens aprendizes conviveram de perto com a doença. “Nós atuamos com um grupo multidisciplinar que também presta apoio ao emocional dos jovens que integram os programas de aprendizagem. E muitos tiveram perdas por conta da covid-19. Para alguns, escrever as cartas também foi um desabafo”, relatou a gerente. 

Na Região Norte do estado, em Londrina, as cartas foram entregues ao Hospital Universitário (HU). Foram 250 mensagens de reconhecimento e estímulo. “Vocês são grandes pessoas no quesito humanidade. O trabalho que fazem é muito difícil e de extrema importância. Vocês fazem o possível pela saúde do próximo”, dizia uma das cartas. 

 

Em Londrina, as cartas foram entregues ao Hospital Universitário (HU)
Créditos: assessoria de comunicação HU/UEL


Sobre o CIEE/PR

Há mais de 53 anos, o Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR) atua para promover a integração dos jovens ao mercado de trabalho. Por meio de programas de estágios e aprendizagem, cursos de capacitação e cidadania e programas sociais, a instituição contribui para o desenvolvimento econômico e social do Estado. Com 37 unidades operacionais distribuídas em todas as regiões do Paraná, o CIEE/PR tem uma média mensal de 22,5 mil estagiários e 4,5 mil aprendizes, e já recebeu cerca de 30 títulos de Utilidade Pública. Está registrado nos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente em mais de 112 municípios e tem como um de seus propósitos trabalhar para fortalecer o desenvolvimento humano e social.

Postar um comentário

0 Comentários