Hutrin destaca a importância da farmácia hospitalar

O setor é responsável pela produção, armazenamento, controle e distribuição de medicamentos para cada setor da unidade

 

Foto: Divulgação

A presença dos profissionais farmacêuticos que atuam internamente no Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin) é de extrema importância no dia a dia e na luta contra diversos tipos de doenças. E para comemorar o Dia Nacional da Farmácia, neste 5 de agosto, a unidade quer homenagear aqueles que auxiliam no atendimento aos pacientes, e garantem que os medicamentos sejam usados de forma segura, consciente e eficiente, além de serem responsáveis pelo controle e distribuição de remédios, trabalhando sempre em parceria com os demais profissionais de saúde.

 

“O farmacêutico tem como objetivo garantir o uso seguro e racional de medicamentos, assim como na farmácia clínica que busca ter o máximo rendimento terapêutico, e atender a demanda do que é recomendado e utilizado pelos pacientes hospitalizados. A farmácia clínica atua em conjunto com a farmácia hospitalar, através da inserção do farmacêutico na equipe multiprofissional de saúde”, afirma a Coordenadora de Farmácia Jessyca Guilarducci Bessa. 

 

A missão desses profissionais é planejar e gerir as compras de medicamentos para o hospital, garantir o uso racional e correto, realizar análises para determinar se o tratamento está adequado ao paciente, e agir de forma preventiva para identificar e evitar possíveis reações adversas, interações medicamentosas e alergias. "Ter uma boa gestão na farmácia hospitalar é fundamental para que possamos atender com qualidade os pacientes e de toda a população", afirma o diretor do IMED, Getro de Oliveira Pádua, que comanda a gestão de quatro hospitais públicos no interior de Goiás.

 

O enfrentamento da pandemia da Covid-19 também é um desafio para os farmacêuticos dentro do hospital e, no dia a dia, os colaboradores acompanham a discussão de casos para ao melhor tratamento e acolhem os pacientes. “É muito gratificante ver um paciente recuperado retornando para casa. Queremos tratar as pessoas e fazer o melhor tecnicamente e humanamente para todos os que precisam de atendimento”, conta Jessyca

 

Para a farmacêutica assistencial, Andressa dos Santos Barcelos, atuar nessa área diante de uma pandemia é um desafio que vem acompanhado de muita responsabilidade e muita honra. “É um mérito, porque contribuir para que uma vida seja salva e volte para casa, não tem sensação melhor de dever cumprido”.

 

Assessoria de Comunicação - Hospital Estadual de Urgências de Trindade (Hutrin)

Aline Marinho (11) 95484-9927 – aline@ecco.inf.br

Camila Braunas (62) 99538-5680 – camila@ecco.inf.br

 

 

 

 

 

 

 

 


Postar um comentário

0 Comentários