Hospital Regional de Luziânia comemora 34 altas em apenas 4 dias

Unidade de Saúde quebra mais um recorde no número de recuperações

Paciente Vilma Alves e sua família fazendo festa durante a alta. Foto: Divulgação

Entre os dias 03 e 06 de junho, o Hospital Regional de Luziânia (HRL) quebrou mais um recorde em sua história. A unidade de saúde celebrou 34 altas em apenas quatro dias e superou a antiga marca de 30 pacientes recuperados no mesmo período. O número representa uma média de 8,5 altas por dia.

            A maior parte dos pacientes reside em Luziânia, porém há moradores das cidades de Valparaíso, Posse, Alvorada do Norte, Cristalina, e Planaltina que tiveram alta no período. Com pouco mais de um ano de funcionamento, o HRL celebrou a recuperação de mais de 1200 pacientes. Os serviços prestados à população e os números expressivos de altas já renderam ao hospital prêmios, homenagens, moção de aplausos e agradecimentos da população.

            Para celebrar as altas, a equipe do hospital se reuniu em coro para cantar músicas como “A Alegria Está no Coração” e “Noites Traiçoeiras”, do Padre Marcelo Rossi.  Entre os recuperados está a paciente Vilma Alves dos Reis, de Cristalina, cidade que fica a quase 70km de distância do Hospital.

            No dia da alta, os familiares se juntaram para homenagear os profissionais de saúde que cuidaram tão bem de Vilma. Carregando balões e um cartaz, todos agradeceram pelos cuidados e pelo carinho recebido durante o tratamento, que teve início no dia 19 de maio e durou até o dia 03 de junho.

            Todos do Hospital Regional de Luziânia comemoraram mais uma quebra de recorde, o diretor-geral do HRL, Francisco Amud, expressou seu contentamento com o desempenho de todos. “O auxílio e esforço de cada um, torna possível um excelente número de altas. Todos 34 pacientes que tiveram altas, agora podem voltar em tranquilidade para suas famílias, não é só um número, são vidas”, afirmou.

 

SOBRE HRL

O Hospital Regional de Luziânia (HRL) começou a receber os primeiros pacientes com sintomas de Covid-19 no dia 20 de maio de 2020. Vieram transferidos pela central estadual de regulação de vagas do Estado de Goiás. Os leitos são ocupados gradualmente, a partir da avaliação diária e conjunta da direção com a Secretaria Estadual de Saúde. Estadualizado, após passar oito anos em obras, o HRL foi o primeiro hospital do entorno do Distrito Federal dedicado a tratar pacientes com sintomas respiratórios agudos causados pelo novo coronavírus. Cerca de 1,2 milhão de pessoas, que moram na região, são beneficiadas pelo Hospital Regional de Luziânia.

HOSPITAL REGIONAL DE LUZIÂNIA
Assessoria de Comunicação | Ecco Comunicação

Aline Marinho | (11) 95484-9927 | aline@ecco.inf.br  

Luiz Fernando Fernandes | (61) 99242-3668 | luizfernando@ecco.inf.br

Postar um comentário

0 Comentários