Saúde comemora Semana da Enfermagem com homenagem aos profissionais

No HRC e HRG, foram oferecidos café da manhã especial. No HRG houve a apresentação da Orquestra Filarmônica de Brasília



Em comemoração à 82ª Semana da Enfermagem, várias unidades da rede pública de saúde do DF prestaram homenagens aos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, nesta quarta-feira (12). No Hospital Regional do Gama (HRG), a Superintendência da Região de Saúde Sul entregou certificados de honra ao mérito a 34 servidores da Enfermagem.

No HRG foi servido café da manhã e uma linda homenagem realizada pela Orquestra Filarmônica de Brasília. Já no Hospital Regional de Ceilândia (HRC), os também servidores ganharam café da manhã e participaram de eventos comemorativos. O Hospital Regional de Samambaia também prestou homenagens aos servidores com uma aula de yoga e um lanche da tarde.

A tarde de relaxamento ocorreu em um sítio próximo ao HRSam. Além do yoga, os participantes tiveram um momento para mentalização e alongamento para aliviar o estresse do dia a dia.

Também houve comemoração com palestra e entrega de lembranças alusivas à data na Unidade Básica de Saúde 3 de Nova Colina, em Sobradinho.

Dia do Enfermeiro
No dia 12 de maio, comemora-se o Dia do Enfermeiro e o Dia Internacional da Enfermagem. No HRG, Marcileia Oliveira foi uma das profissionais a receber o certificado de honra ao mérito. Ela é enfermeira e trabalha no pronto-socorro de cirurgias ortopédicas. A profissional conta que ficou muito emocionada em receber o certificado, pois “todos nós trabalhamos sem esperar nada em troca e quando recebemos, o sentimento é de gratidão”.

“Essas homenagens motivam a gente. Eu trabalho por amor, amo ser enfermeira. É uma profissão que me aproxima das pessoas, me dá a oportunidade de resgatar o lado humano tanto meu como dos pacientes. Muitas vezes um sorriso, o cuidado, já faz esse paciente melhor”, afirma.

De acordo com o superintendente da Região de Saúde Sul, Lucimir Pessoa Maia, a escolha dos profissionais homenageados foi feita pelos próprios colegas de trabalho de cada setor.

“Esses servidores foram reconhecidos pelos seus próprios colegas como uma pessoa dedicada uma pessoa que faz o seu máximo. Tivemos uma servidora que perdeu a irmã por conta da Covid-19, ela mesma adoeceu e fez questão de retornar ao trabalho. Segundo ela, porque precisa cuidar do próximo, assim como teve alguém que cuidou de sua irmã quando estava internada. Isso mostra o amor ao próximo, o cuidado”, destaca.

A Orquestra Filarmônica de Brasília fez uma apresentação que emocionou todos os profissionais presentes no café da manhã, onde tocou clássicos como Hallelujah e Ave Maria. Além de trilhas sonoras de filmes, como a música Shallow.

O superintendente acredita que a pandemia deixou o papel dos profissionais da saúde em evidência e mostrou como é essencial este trabalho para a sociedade. Por isso, reconhecer a garra e a coragem de cada um é essencial. Segundo ele, muitos pacientes criam laços de amizade com os servidores por conta do tratamento que recebem no HRG.

Lorena Dias é enfermeira do Centro Obstétrico do HRG e disse que ficou muito feliz com a homenagem e emocionada com a orquestra. “É gratificante ter nosso trabalho reconhecido, principalmente pelo esforço, pois sempre tento prestar a melhor assistência possível”, relata.

Homenagens

No Hospital Regional de Ceilândia (HRC) foi feito um café da manhã especial para toda a equipe de enfermagem da unidade. Os profissionais receberam lembrancinhas e tiveram uma apresentação de sanfona.

A superintendente da Região de Saúde Oeste, Lucilene Florêncio, destaca que os profissionais da enfermagem, diante da pandemia, têm o papel de protagonismo, pois eles cuidam em todos os níveis da atenção.

“A superintendência Oeste reconhece e agradece todo o esforço, dedicação, cuidado e amor da equipe de enfermagem no enfrentamento da pandemia. São profissionais que têm compromisso e comprometimento em cuidar de todas as pessoas que estão com Covid-19, dedicam tempo e cuidam com todo amor e carinho. Por isso, nosso agradecimento e reconhecimento”, explica Lucilene.

Postar um comentário

0 Comentários