Projeto de Delmasso cria o Memorial em tributo às vítimas da COVID-19

Seus nomes e suas fotos ficarão expostas em locais apropriados para eternizar um capítulo doloroso da História dessa geração


Manifestação Performance: ‘Quem partiu é amor de alguém’ - Vestidos de branco, com máscaras e balões vermelhos, artistas fazem homenagem aos 57,6 mil mortos pela Covid-19 no Brasil. A manifestação ocorre em frente ao Congresso Nacional - Foto: Leopoldo Silva.

O projeto de lei n. º 1843/2021 de autoria do vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos), institui o Memorial em tributo à história de vida das vítimas da COVID-19. A iniciativa foi inspirada na enfermeira Viviane Rocha de Luiz que foi a primeira vítima fatal do corona vírus no Distrito Federal.

O objetivo do Memorial é impedir que a dor de milhares de famílias brasilienses caia no esquecimento. Seus nomes e suas fotos ficarão expostas em locais apropriados para eternizar um capítulo doloroso da História dessa geração. Foram vidas, projetos, planos e sonhos desfeitos para sempre. E nada será capaz de compensar essa tragédia que se abateu sobre a humanidade.

O monumento que será erguido às vítimas da Covid-19 pretende gerar um espaço de reflexão e superação, não só para os familiares dos falecidos, mas para toda a sociedade. Em especial os profissionais da saúde que faleceram em decorrência do enfrentamento diário contra a pandemia. “Valorizar a memória de entes queridos é também uma forma de fazer o luto e superar a dor. Aos que ficam, cabe a continuação da vida, o reconhecimento e a homenagem às trajetórias de cada vítima”, disse Delmasso.

Postar um comentário

0 Comentários