Padre Aleixo Susin poderá ter praça com seu nome no Guará

 Religioso idealizou e fundou a Via Sacra do Morro da Capelinha, em Planaltina (DF), a mais tradicional da capital 





Criador da Via Sacra do Morro da Capelinha, o Padre Aleixo Susin, que faleceu aos 93 anos no último dia 19, poderá ter uma praça com seu nome em frente à Paróquia São Paulo Apóstolo, localizada na QI 07 do Guará. A iniciativa é do deputado distrital João Cardoso (Avante), que também é católico e voluntário de Vias Sacras da cidade. Padre Aleixo Susin sofria do mal de Alzheimer há dois anos e faleceu em uma clínica para idosos em sua cidade natal, Caxias do Sul (RS).

De acordo com o parlamentar, a iniciativa tem como objetivo reconhecer os mais de 50 anos de exercício e contribuição sacerdotal e sócio-humanitário do Padre Aleixo Susin em diversas regiões administrativas do Distrito Federal. O pároco chegou a Brasília em 1968 e ajudou a construir casas no Guará, fundando também a Paróquia São Paulo Apóstolo na mesma cidade. 

"O Padre Aleixo Susin, por mais de 50 anos, serviu a Deus naquela comunidade, além de realizar trabalhos sociais em Planaltina, na Igreja de Santa Rita de Cássia, deixando marcas profundas do seu trabalho sacerdotal e de cunho sócio-humanitário, uma das suas características mais marcantes na evangelização", comenta João Cardoso.

O Padre Aleixo Susin serviu a todo o Guará, o Conjunto Lúcio Costa, a Arniqueira, a Colônia Agrícola Águas Claras, o Guará Park e toda Planaltina (DF). De acordo com o projeto, as comunidades desses locais têm muito apreço ao trabalho do padre, chegando a ser considerado como um pai, amigo, psicólogo, sacerdote e homem de Deus.

"Ele ajudou centenas de milhares de homens e mulheres com seu carisma de amor e de dedicação para com a promoção humana e espiritual. Por todos esses motivos, peço o apoio dos colegas deputados para a provação deste projeto de lei, que é um reconhecimento mais do que necessário", defende.

Postar um comentário

0 Comentários