Hospital Regional de São Luís de Montes Belos comemora 68 altas no mês de fevereiro

Estrutura de atendimento da unidade hospitalar modernizou-se ao longo da pandemia e atende pacientes em várias especialidades

Maria Correa Martins, de 75 anos, paciente que recebeu alta em fevereiro. Foto: Divulgação.

Um enorme desafio que os hospitais pelo mundo enfrentaram desde o início da pandemia de Covid-19 foi, certamente, aprimorar a estrutura de atendimento a todos. No Hospital Regional de São Luís de Montes Belos - Dr. Geraldo Landó (HRSLMB) - não foi diferente. A unidade inaugurou um Pronto-Socorro exclusivo para acolher pacientes acometidos pela doença e permaneceu prestando os atendimentos oferecidos à população antes da pandemia.

A dedicação dos profissionais de saúde somada a uma estrutura moderna e tecnológica tem rendido bons resultados. Somente no mês de fevereiro, o Hospital registrou 68 altas de pacientes diagnosticados com Covid-19.

“É muito gratificante ver o número de altas que conseguimos conceder no último mês. Trabalhamos diariamente para oferecer o melhor tratamento possível, não só para os pacientes acometidos pela Covid-19, mas para todos que buscam auxílio médico na unidade”, afirma Éder Souza, diretor do Hospital.

O hospital dispõe de uma equipe multidisciplinar preparada para atender os pacientes com humanização e excelência todos os pacientes que procuram a unidade. Com equipamentos modernos e ajuda da tecnologia na rápida avaliação dos casos mais complexos, o hospital vem obtendo êxito no combate ao coronavírus.

Desde que o Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED) assumiu a gestão do HRSLMB, o Hospital atendeu mais de 4,3 mil pacientes com sintomas ou diagnosticados com a Covid-19 e deu alta para mais de 220 pessoas.

Estrutura

O Hospital Regional São Luís de Montes Belos – Dr. Geraldo Landó conta com 10 leitos de UTI equipados com o que há de mais moderno para o tratamento de síndrome respiratória aguda grave, entre eles respiradores, bombas de infusão e monitores. A unidade possui também 24 leitos de enfermaria exclusivos que compõem a ala Covid-19.

Outro diferencial é a própria usina para produção de oxigênio, um dos principais insumos para o tratamento. O sistema tem capacidade para produzir 20 metros cúbicos por hora. No local de produção, há uma bateria de oxigênio composta por 18 cilindros-reservas destinados para eventuais emergências. O HRSLMB possui ainda 41 cilindros, cada um com a capacidade de 10 metros cúbicos.

“A usina garante oxigênio suficiente para abastecer os leitos do hospital. Estamos em constante análise dos casos e dos atendimentos para garantir a todos os pacientes os insumos necessários para o tratamento”, finaliza Éder Lúcio de Souza, diretor do hospital.

Sobre HRSLMB

O Hospital Regional de São Luís de Montes Belos – Dr. Geraldo Landó (HRSLMB) foi estadualizado em abril de 2020 e reinaugurado em julho para auxiliar o combate à Covid-19.  A unidade tem uma ala exclusiva para síndrome respiratória aguda grave formada por 34 leitos, sendo dez de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 24 de enfermaria. O hospital conta com 22 leitos para atendimento geral, sendo 16 de enfermaria e seis de semi-intensivo/estabilização. Desde o dia 1º de setembro de 2020, o HRSLMB encontra-se sob a gestão do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, uma Organização Social (OS) que se destaca pela prestação de serviços e desenvolvimento de projetos que proporcionem bem-estar, saúde, cidadania e dignidade às pessoas. O IMED administra o hospital para que ele funcione com qualidade 24 horas por dia, todos os dias da semana.
Assessoria de Comunicação:
Lucas Leal (11) 93437-1148 – lucas@ecco.inf.br
Aline Marinho (11) 95484-9927 – aline@ecco.inf.br

Postar um comentário

0 Comentários