Hermeto virá líder do governo e amplia sua base junto aos militares que estão fora da bolha politiqueira da PMDF

 Por Milton Gonçalves

Hermeto sai da bolha política da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e amplia seu grupo político rumo a reeleição


O Subtenente da PMDF, deputado distrital Hermeto, devolveu a representatividade da PM na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).

É de conhecimento de todos que Hermeto tem voto na PM e principalmente na Candangolândia, onde foi administrador por 8 anos, e também no Núcleo Bandeirante.

Hermeto atualmente é líder do Governo Ibaneis na CLDF e já teve seu nome noticiado como possível indicado para ocupar uma das cadeiras de Conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF).

Infelizmente a Polícia Militar passa por um momento de divisão política que prejudica a Tropa em ocupar os espaços políticos. Atualmente existem muitos grupos de ex e futuros candidatos que subdividem a tropa, que fica impossível ter um representante puro-sangue, eleito apenas com os votos da PMDF.

Hermeto se destaca por ter votos de outros segmentos. O destaque de seu trabalho como deputado tem corrido todo o Distrito Federal, recentemente uma pesquisa avaliou Hermeto, em sua base geográfica, como um dos parlamentares com maior aprovação popular de todos que atualmente estão na CLDF.

Diversos policiais militares, que não vivenciam a bolha de grupos políticos que querem emplacar seus candidatos na CLDF, perceberam que Hermeto é o melhor nome para continuar representando os militares na Câmara. O resultado é uma enorme adesão ao seu projeto político.

É consenso que para a PMDF continuar tendo um representante na CLDF, a única maneira é focar no voto útil e é indiscutível que a pessoa que possui mais condições de somar votos de outros segmentos é o Hermeto.

A PMDF tem poucos caminhos para continuar tendo um representante na CLDF. Um deles é concentrar a maioria dos votos em um único candidato. O que é quase impossível pela fragmentação política da PMDF.

Outro caminho é votar em candidatos que possuam suas bases e possuem votos, que somados ao dos PMs possa ser eleito. Neste quesito, tirando o Hermeto, não existe um nome na tropa que consiga ter votos o suficiente para ser eleito.

Faça uma reflexão e responda para você mesmo. Tem algum com votos dentro e fora da PM e que seja capaz de ser eleito?

O restante dessa história todos já conhecem. Os PMs saem candidatos apenas para levar votos para eleger candidatos civis e a PM continua com o pires na mão.

Por mais que Hermeto tenha tido dificuldades em conseguir algumas conquistas para os militares, existe o reconhecimento de que ele não tem deixado de lutar em prol da tropa.

Agora como líder do governo, terá ainda mais força para junto ao governador Ibaneis, garantir algumas conquistas que são aguardadas a mais de 10 anos.

O que não dá é para jogar todos os problemas, que perduram por mais de uma década, em apenas um mandato. O que não significa que Hermeto vai se dar por vencido.



Postar um comentário

0 Comentários