Câmara Legislativa presta homenagem à Campanha da Fraternidade

  



No próximo dia 25 de fevereiro, às 10h, a Câmara Legislativa do Distrito Federal irá promover uma Audiência Pública Remota com o objetivo de homenagear a 59ª edição da Campanha da Fraternidade. A iniciativa é do deputado João Cardoso (Avante), que é católico e atuou como catequista por quase 30 anos.

A Campanha da Fraternidade é realizada anualmente pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) no período da Quaresma e a cada cinco anos ela é feita de forma ecumênica, em conjunto com outras denominações cristãs. Este é o caso da edição de 2021, que traz o tema “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor” e o lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade”.  

O final do evento contará com um gesto concreto que se expressará na coleta da solidariedade, no Domingo de Ramos. São arrecadações de valores em âmbito nacional em todas as comunidades cristãs católicas e ecumênicas, que comporão o Fundo Nacional de Solidariedade e os Fundos Diocesanos de Solidariedade. Cerca de 60% dos recursos são destinados ao apoio de projetos sociais da própria comunidade diocesana; os 40% restantes compõem o FNS, que são revertidos para o fortalecimento da solidariedade entre as diferentes regiões do país.

Para o autor do requerimento de iniciativa do evento, deputado distrital João Cardoso, a abertura deste espaço na Câmara Legislativa tem como importância dar publicidade e voz às iniciativas que contribuem para servir ao próximo, principalmente em tempos como os atuais. “A pandemia trouxe desafios, mas também aprendizados que preparam os corações para lições como as que as Campanhas da Fraternidade objetivam trabalhar: de unir esforços, superar diferenças, em prol de levar ajuda e solidariedade a quem mais precisa”, defende o parlamentar católico.

Foram convidados a compor a mesa do evento o arcebispo da Arquidiocese de Brasília, Dom Paulo Cezar, o pastor da Igreja Evangélica de Confissão Luterana e membro do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil, Carlos Mölle; o responsável pela Campanha da Fraternidade na Arquidiocese de Brasília, Hélio José da Silva, e o chefe da Unidade de Assuntos Religiosos e Terceiro Setor do Governo do DF, Kildare Meira.

Postar um comentário

0 Comentários