Associação Mãos Solidárias Sol Nascente inaugura creche em Ceilândia

Cerca de 350 crianças da região de Ceilândia serão contempladas pela nova creche Pequeno Príncipe, localizada na EQNP 5/9, no P Norte. A instituição de iniciativa da Associação beneficente Mãos Solidárias Sol Nascente recebe apoio do Fort Atacadista com suporte mensal que auxilia seus principais projetos. A unidade educacional irá atender crianças de zero a 5 anos. A cerimônia de entrega da obra foi realizada na última terça-feira (8) e contou com a presença da primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, dos administradores Marcelo Piauí, de Ceilândia, e Cláudio Domingues, do Sol Nascente/Pôr do Sol e do diretor da regional de ensino, Marcos Antônio.

O projeto Mãos Solidárias é uma instituição beneficiada com as ações de responsabilidade social do Fort Atacadista. Em 2019 foi contemplada pelo projeto Troco Solidário, e atualmente recebe doações diárias do setor de hortifruti das três lojas do Distrito Federal. De acordo com o Gerente de Operações do Fort Atacadista, Ademar Guido, em um ano tão desafiador para empresas, autoridades e consumidores, a solidariedade é uma boa semente. “Dar suporte a uma instituição tão atuante no Sol Nascente, ainda mais na área educacional é plantar sementes de esperança, de futuro e de desenvolvimento para a economia local”, afirmou Guido. 

Bom negócio é fazer o bem - O Troco Solidário é uma iniciativa social do Grupo Pereira, que consiste em dar ao cliente a opção de ‘arredondar’ os centavos de seu troco e doá-los para instituições que ficam no entorno das lojas do Comper e do Fort Atacadista. 

Desde que o programa foi implementado, em 2007, o Grupo Pereira já repassou mais de R$ 11 milhões para mais de 360 entidades que apoiam populações em situação de vulnerabilidade, em todos os Estados onde existem lojas do grupo, promovendo a melhoria da qualidade de vida de milhares de pessoas. 

Para participar, o cliente que paga em dinheiro ou com o Vuoncard nas lojas do Fort Atacadista e Comper, pode optar, no final da compra, em doar os seus centavos do troco, que a cada semestre reverte o montante arrecadado para entidades filantrópicas.


Postar um comentário

0 Comentários