Representantes do Ministério Público e Conselho de Saúde falam da situação do atendimento à população durante a pandemia

Comissão Especial da Covid-19 no DF quer saber se pacientes com outras doenças estão sendo atendidos e porque há fila de espera para leitos de UTI


Apesar de ter sido a primeira unidade da Federação a decretar o fechamento do comércio e outras atividades para conter a disseminação do coronavírus, o Distrito Federal ainda continua registrando o aumento de casos da doença. Na próxima segunda-feira (20), às 14h30, a Comissão Especial da Covid-19 do DF, criada para acompanhar as ações do GDF no combate ao coronavírus, vai ouvir representantes do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), Ministério Público de Contas (MPC) e Conselho de Saúde do DF.

A comissão, que é composta por parlamentares e representantes de instituições públicas e privadas, quer saber se pacientes com outras doenças estão sendo atendidos e qual a real situação dos leitos de UTIs disponíveis na rede pública e privada do Distrito Federal. 

Desde o início da pandemia, o GDF vem anunciando que aumentou a quantidade de leitos de UTIs, no entanto, a existência de fila de espera para pacientes com outras patologias preocupa os integrantes da comissão. 

“Queremos saber desses órgãos se o atendimento à população, de um modo geral, está garantido e qual a quantidade de leitos de UTIs que há disponível realmente no DF”, explica o senador Izalci Lucas (PSDB-DF), coordenador da comissão.

Serviço

Reunião da Comissão Especial da Covid-19 no DF para ouvir representantes do Ministério Público e Conselho de Saúde
Dia: 20 de julho de 2020 (segunda-feira), às 14h30.
Local: Transmissão pelo YouTube e fanpage da Comissão (links abaixo)


YouTube → Comissão Especial Covid DF 




Facebook -> Comissão Especial da Covid 19


Postar um comentário

0 Comentários