Confira as ações da Administração de Ceilândia no combate ao coronavírus

Desde março cerca de 35 mil estabelecimentos foram vistoriados e 103 notificados, além da distribuição de mais de 70 mil máscaras de proteção para à população

Fotos: Jacoob Almeida.

A administração Regional de Ceilândia em parceria com o Governo do Distrito Federal desde que foram adotadas medidas no enfrentamento ao coronavírus em todo DF, tem adotado os protocolos e recomendações das autoridades sanitárias. Diversas ações já foram realizadas no combate à Covid 19 na região mais populosa do DF.

Antes mesmo do primeiro caso registrado na cidade, a Administração de Ceilândia tomou uma série de medidas para diminuir o impacto da doença na população como a instalação de uma comissão com diversos profissionais da saúde, segurança e Vigilância Ambiental para acompanhar e monitorar as ações e a evolução do coronavírus na região.

Também houve a articulação com a sociedade civil e lideranças comunitárias de campanhas educativas para população e a implantação de central telefônica por meio de aplicativo digital para atendimento às demandas da comunidade como de infraestrutura, saúde e serviço social.

Diversas operações de fiscalização, orientação e conscientização foram realizadas em pontos da cidade com a distribuição de cerca de 70 mil máscaras de proteção, além da entrega de 1,2 mil cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social.

O Governo do Distrito Federal como medida no enfrentamento ao coronavírus realizou a testagem em massa, em Ceilândia. A ação atendeu à população que convive com pessoas do grupo de risco e também tiveram contato com paciente detectado com à Covid19 ou que apresenta sintomas de gripe e febre há mais de uma semana. A operação ainda continua na região.

Outra medida no enfrentamento ao coronavírus, em Ceilândia, foi o Programa Sanear DF que higienizou feiras, escolas, terminais rodoviários, paradas de ônibus, estações de metrô, unidades de saúde, praças e demais áreas de grande circulação de pessoas. Foram limpos e vistoriados locais como as feiras Central e da Guariroba. Também o Hospital Regional de Ceilândia foi contemplado com lavagem e operações de sanitização.

Ceilândia também ganhou um novo alojamento para atender à população em situação de rua. O espaço foi montado no Estádio Regional de Ceilândia com capacidade para 200 pessoas. Também a Administração lacrou os Pontos de Encontro Comunitário (PECS), e os 16 campos sintéticos. A medida visa combater os altos índices de casos de coronavírus na cidade.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, enfatiza que mesmo com todas as medidas adotadas para combater o coronavírus na cidade é preciso que toda a população e comerciantes se conscientizem. “ Estamos atravessando uma situação nunca vista antes. O Governo tem feito sua parte e cuidado da saúde das pessoas. O nosso compromisso é com a vida! Eu peço a compreensão de todos, para que permaneçam em suas casas e evitem aglomerações e só saiam quando necessário e tomando todas as medidas de prevenção como usando máscara de proteção”, ressalta Marcelo Piauí. 





Confira algumas das principais medidas:




A Administração Regional de Ceilândia, em atendimento ao Decreto n° 40.528, publicou nesta terça-feira (17 de março de 2020), informa que atuará, nos próximos dias, em regime de plantão, com equipes reduzidas para a realização de serviços de manutenção e melhorias na infraestrutura da cidade. A medida acompanha as decisões do governo do Distrito Federal para garantir a segurança da população e evitar a proliferação do Covid-19.


No dia 21 de março, foi montado uma comissão com diversos profissionais para acompanhar e monitorar as ações e a evolução do coronavírus, em Ceilândia:


No dia 23 de março, houve uma grande operação conjunta com diversos órgãos do GDF entre a Administração Regional e DF Legal na fiscalização, multa e fechamento de estabelecimentos não autorizados.




No dia 27 de março, a Administração Regional de Ceilândia em parceria com a Superintendência Regional Oeste de Saúde ofereceu a opção de Drive-Thru para a vacinação contra a gripe. Os idosos de 60 anos ou mais da maior região administrativa do DF receberam a vacina sem sair do carro.


No dia 31 de março, foi realizado na cidade o Programa Sanear DF que higienizou feiras, escolas, terminais rodoviários, paradas de ônibus, estações de metrô, unidades de saúde, praças e demais áreas de grande circulação de pessoas no combate ao coronavírus. Foram limpos e vistoriados locais como as feiras Central e da Guariroba, as estações de metrô da cidade, o Hospital Regional de Ceilândia, escolas públicas e quadras esportivas.




No dia 14 de abril, foi aberto um chamamento público para construção do novo abrigo para atender à população em situação de rua em Ceilândia. A vigência para parceria foi de 90 dias, podendo ser prorrogada por períodos sucessivos, enquanto perdurarem os efeitos das medidas de enfrentamento à Covid-19 O teto estimado para a realização do contrato foi de R$ 1.841.377,15.


No dia 16 de abril, a Administração Regional de Ceilândia em parceria com o DF Legal realizou uma operação de fiscalização em comércios irregulares nas principais Avenidas de Ceilândia. O objetivo da ação foi combater a aglomeração de pessoas no enfrentamento a disseminação do novo coronavírus na cidade mais populosa do DF. A operação contou com o apoio do 10° Batalhão de Polícia de Ceilândia.




No dia 17 de abril, foram entregues cerca de 1,2 mil cestas básicas para famílias cadastradas nos programas assistenciais do GDF ou fizeram pedido no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), e no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). A iniciativa teve um dos objetivos de atender à necessidade provisória até o reenquadramento social da família durante à Pandemia.


No dia 27 de abril, O Governo do Distrito Federal como medida no enfrentamento ao coronavírus realizou a testagem em massa, em Ceilândia. A ação atendeu à população que convive com pessoas do grupo de risco e também tiveram contato com paciente detectado com à Covid19 ou que apresenta sintomas de gripe e febre há mais de uma semana. A operação ainda continua na região.




Desde que começou a distribuição de máscaras protetoras para à população cerca de 70 mil itens de proteção já foram entregues, em Ceilândia.




No dia 18 de maio, foi iniciada a primeira força-tarefa do GDF na cidade para fiscalizar e orientar à população. Também houve a distribuição de máscaras. A ação contou com o apoio da Administração de Ceilândia, DF- Legal, do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/DF), Diretoria de Vigilância Sanitária (Divsa), Secretaria de Transporte (Semob), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Polícia Militar (PMDF), Polícia Civil do DF, Procon-DF; Detran-DF, Brasília Ambiental, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Governo do DF.




No dia 25 de maio, a Administração de Ceilândia realizou uma ação integrada para atender à população em situação de rua. Cerca de 66 assistidos já foram encaminhados para o novo alojamento na cidade. A iniciativa visa acolher, encaminhar e garantir políticas públicas.


No dia 29 de maio, foi realizado um mutirão de entrega de máscara do Governo do Distrito Federal, em parceria com a Administração de Ceilândia e diversos órgãos do GDF, que contemplou à comunidade com 7 mil máscaras de proteção, no setor P´Sul.


No dia 31 de maio, mais uma ação do Governo do Distrito Federal em parceria com a Administração de Ceilândia e diversos órgãos do GDF realizaram uma força-tarefa no enfrentamento ao novo coronavírus na maior região do DF. Foram distribuídas cerca de 16 mil máscaras.


No dia 2 de junho, a Administração Regional se reuniu com diversos órgãos do GDF e percorreram os principais pontos da cidade, A operação foi uma das medidas adotadas no enfrentamento ao alto índice de casos na região. Houve a fiscalização e distribuição de máscaras protetoras para à comunidade.


No dia 4 de junho, a Administração de Ceilândia lacrou os 16 campos sintéticos. A medida visa combater os altos índices de casos de coronavírus na cidade. Além seguir protocolo e recomendações das autoridades sanitárias.


No dia 4 de junho, foi montado na cidade um Gabinete Institucional para monitorar o comportamento dos moradores da cidade, bem como a curva de crescimento do coronavírus.


No dia 5 de junho, integrantes do Gabinete Institucional visitaram as dependências do Hospital Regional de Ceilândia (HRC). A comitiva foi acompanhar de perto o espaço do novo hospital acoplado ao HRC com cerca de 70 leitos para atendimento aos pacientes infectados pelo coronavírus. O hospital da campanha – outra construção prevista para os próximos dias – também terá foco no atendimento aos pacientes de Covid-19 da região.

No dia 5 de junho, os Pontos de Encontro Comunitário (PECs) foram lacrados. A medida visa combater os altos índices de casos de coronavírus na cidade


No dia 6 de junho, carros de som percorreram os principais pontos da região levando uma mensagem de conscientização, prevenção e informações de proteção contra à Covid 19. Também houve uma grande força-tarefa com diversos órgãos para fiscalizar e orientar à população. Cerca de 7,5 mil máscaras foram distribuídas para à comunidade.


No dia 7 de junho, um dia antes de restrições, a Administração de Ceilândia distribuiu cerca de 15 mil máscaras para à comunidade. Equipe da administração alertou moradores e comerciantes sobre imposição do novo Decreto.





No dia 8 de junho, uma operação integrada de conscientização e fiscalização será realizada nas Regiões Administrativas de Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol e Estrutural, em decorrência do Decreto nº 40.872, publicado sábado (06). O documento estabelece a suspensão de atividades não essenciais, como atendimento ao público em shoppings centers, feiras populares e estabelecimentos comerciais de qualquer natureza, do funcionamento de parques e a prática de cultos ou missas de qualquer credo ou religião nas três cidades. Desta forma, até a próxima quarta-feira (10) as equipes irão percorrer as áreas urbanas e rurais das regiões.

Fotos: Jacoob Almeida.

Postar um comentário

0 Comentários