Sociedade está mais unida e solidária no combate à pandemia, diz Izalci Lucas

Em pronunciamento nesta quinta-feira (7), o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) afirmou que a pandemia de covid-19 causou uma verdadeira “revolução” social e econômica na sociedade brasileira e no mundo, de forma geral

Senador também defendeu a liberação de recursos do FNDCT para investimentos em saúde e startups - Foto: Reprodução TV Senado.

Segundo ele, com a crise sanitária as pessoas estão se "reinventando" para poder enfrentar o mesmo “inimigo invisível”. E, como resultado, ressaltou Izalci, as pessoas estão mais unidas e solidárias para encarar as dificuldades. Durante seu discurso, o senador também defendeu a liberação dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) para investimentos em saúde e em empresas startups. 

— A pandemia mostrou o quanto a ciência, a resiliência e a solidariedade são o que temos de mais forte, como sociedade e como seres humanos. Vivemos um momento em que a união é essencial na luta contra um inimigo sorrateiro, pouco conhecido, mas com um avassalador potencial de destruição. Não há dúvidas de que o momento requer união; precisamos pensar, de mãos dadas, as empresas, os governos, o Congresso Nacional e o povo — declarou Izalci, acrescentando que "precisamos de mais investimentos, principalmente em inovação, ciência e tecnologia. 

De acordo com o senador, são muitas as iniciativas de empresários e da sociedade civil em ações solidárias no combate à pandemia. Ele também ressaltou que a pandemia transformou o cotidiano das pessoas, forçando-as a ficar em casa para evitar o contágio e a propagação do vírus, numa atitude de cooperação com os esforços das autoridades para conter a crise sanitária. 

— Temos visto mutirões para arrecadar alimentos e produtos de higiene para os mais vulneráveis. Empresas dos mais diversos segmentos estão se unindo; indústrias brasileiras adaptaram suas linhas de produção para fabricar, em caráter de urgência, itens essenciais ao combate a esse vírus, como o álcool em gel, máscaras, respiradores artificiais e outros equipamentos hospitalares. A união de forças tem sido presente no Brasil nessa corrente em prol da vida. 
Liberação de recursos 

Para Izalci, muita coisa está sendo feita para combater a pandemia de covid-19. Entretanto, disse ele, é possível fazer muito mais. Ele solicitou, por exemplo, a liberação urgente dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). De acordo com o senador, há R$ 6,5 bilhões nesse fundo, mas "R$ 4,3 bilhões não podem ser usados". Ele defendeu o uso desses recursos em investimentos na saúde e em empresas startup. 

— Este é o momento em que ciência, tecnologia e inovação, e trabalho conjunto, serão a base do combate à pandemia e do que virá depois da crise — ressaltou.

Fonte: Agência Senado

Postar um comentário

0 Comentários