Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Pequenas e médias empresas também devem se preocupar com os cyberataques

09/07/2018

/ por Paulo Melo
A melhor saída para não perder dinheiro e manter sua operação funcionando é se protegendo

Não se engane se você pensa que a onda do ramsonware acabou. A análise anual da Online Trust Alliance (OTA) revela que os ataques cibernéticos dirigidos às empresas quase duplicaram no último ano – de 82 mil registrados em 2016, para 159,7 mil em 2017.

Esse ataque tem se mostrado tão efetivo, que uma parte considerável das empresas atingidas por ele acaba por encerrar as operações. Um estudo realizado pela Malwarebytes junto a 1.054 empresas na América do Norte, França, Reino Unido, Alemanha, Austrália e Singapura, mostrou que os mais prejudicados com esse tipo de cyberataque são os donos de pequenas e médias empresas, já que 22% delas, quando atingidas, precisam fechar as portas imediatamente.

Portanto, se você tem um comércio ou outro tipo de negócio de pequeno e médio porte não se iluda achando que não é o alvo desse tipo de ameaça. Os criminosos virtuais sempre encontram uma maneira de se beneficiarem dos ataques e a sua empresa pode sim ser a próxima vítima.

A melhor saída para não perder dinheiro e manter sua operação funcionando é se protegendo. Quando se fala na aquisição de soluções de segurança da informação, quem é PME, logo pensa que esse tipo de investimento não é para o seu bolso – o que não é verdade.

No ano passado, por exemplo, 93% de todos os registros de cyberataques poderiam ter sido evitados com a adoção de medidas simples, como a atualização periódica e regular de software e o bloqueio de mensagens falsas de e-mail com autenticação e treinamento de pessoal para reconhecimento de ataques de phishing.

Hoje em dia, você pode implementar uma política de monitoramento inteligente e gestão de backup de acordo com a necessidade da sua empresa e ainda pagar como serviço, ou seja, desembolsar o valor equivalente somente àquilo que usar.

O ideal é buscar por uma solução que possua processos, modelo de gestão e sistema inteligente, capazes de compreender a rotina das empresas e trabalhar para garantir a continuidade do negócio diante a um desastre.

O resultado desta iniciativa será mais segurança na gestão de informações, maior eficiência dos processos, garantia de disponibilidade dos dados, transparência e redução de custos.

Não ignore a necessidade de proteger as informações da sua empresa, mesmo que ela seja de pequeno porte. A preservação dos dados corporativos é essencial para o seu crescimento e para a continuidade do seu negócio. Pense nisso!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós