Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Buriti adere à campanha de conscientização da epilepsia

26/03/2018

/ por Paulo Melo
Até o fim do mês, a sede do governo local ficará iluminada na cor roxa em alusão ao Purple Day, celebrado nesta segunda-feira (26)

O Palácio do Buriti fica iluminado em roxo até o fim do mês em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Epilepsia. Foto: Toninho Tavares.
O governo de Brasília aderiu, nesta segunda-feira (26), à campanha do Dia Mundial de Conscientização da Epilepsia, celebrado hoje. Até o fim do mês, o Palácio do Buriti permanecerá com iluminação na cor símbolo do movimento, roxa.

A data busca desmistificar o preconceito e disseminar informações sobre a epilepsia – uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro, que se expressa por crises que geralmente se repetem.

No Distrito Federal, a doença atinge cerca de 40 mil pessoas. A adesão à campanha atende uma recomendação da Câmara Legislativa do DF.

O movimento começou no Canadá e se espalhou pelo mundo. O símbolo foi criado em 2008 por Cassidy Megan, uma criança com nove anos, na época, com a ajuda da Associação de Epilepsia da Nova Escócia.

Cassidy escolheu a cor roxa para representar a epilepsia por causa da lavanda. Essa flor é frequentemente associada com a solidão que representa os sentimentos de isolamento que muitas pessoas com epilepsia sentem.

O objetivo é mostrar que as pessoas com epilepsia jamais deverão se sentir sozinhas. Por isso, em todo o mundo, no dia 26 de março pessoas se vestem de roxo para dar apoio à causa.

A epilepsia pode se manifestar em decorrência de uma forte pancada na cabeça, uma infecção (meningite, por exemplo), abuso de bebidas alcoólicas ou de drogas. Muitas vezes a origem pode ter também relação com má formação congênita do cérebro.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós