Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Escrituras conferem legalidade a terrenos de igreja em Samambaia

Entrega dos documentos foi feita pelo governador Rodrigo Rollemberg na noite desta terça-feira (9). Desde 2015, 56 templos foram beneficiados em Brasília

O pastor Rinaldo Alves recebeu das mãos do governador Rodrigo Rollemberg as escrituras que regularizam dois terrenos da Igreja Assembleia de Deus do Planalto Central. Foto: Renato Araújo.

Diretamente das mãos do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, e do presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), Júlio César Reis, o pastor Rinaldo Alves recebeu as escrituras que regularizam dois terrenos da Igreja Assembleia de Deus do Planalto Central, em Samambaia.
A cerimônia ocorreu na noite desta terça-feira (9), no templo da QS 107, Conjunto 5, Lote 1, da região administrativa.

Durante o evento, Rollemberg discursou sobre a prioridade do governo em regularizar lotes e terrenos no Distrito Federal. “Da mesma forma que estamos entregando escrituras para as igrejas, estamos entregando para pessoas. São mais de 26 mil [documentos entregues] no nosso governo”, disse.

Ele reforçou o compromisso de sua administração com a legalidade. “Tenho convicção que uma cidade melhor é também uma cidade regularizada e legalizada. Ficamos muito felizes ao ver uma luta de muitos anos de igrejas que querem ter segurança jurídica para exercer atividades tão importantes para a sociedade.”
"Ficamos muito felizes ao ver uma luta de muitos anos de igrejas que querem ter segurança jurídica para exercer atividades tão importantes para a sociedade"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Em agradecimento, o pastor Alves falou para os fiéis e para as autoridades presentes. “Nesta noite, estamos felizes e maravilhados. Agora estamos recebendo as escrituras e entrando na legalidade depois de 25 anos de espera.”

Júlio César reforçou a importância da regularização de templos religiosos. “Nós, homens públicos, construímos as cidades, mas vocês constroem a espiritualidade do homem e fazem a diferença para a comunidade. Essas escrituras possibilitam que vocês continuem com segurança jurídica para desenvolver esse trabalho tão bonito.”

“Nossa vida espiritual e religiosa é muito importante. As igrejas precisam ter a garantia do Estado de que não serão molestadas”, explicou o secretário das Cidades, Marcos Dantas, que também participou da cerimônia.

Para atender a demandas com mais de 20 anos de instituições religiosas e de assistência social, o governo de Brasília usa a Lei Complementar 806, de 2009, como parâmetro para regularizar terrenos de templos ocupados antes de 31 de dezembro de 2006. Desde 2015, 56 escrituras foram entregues em Brasília.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós