Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Casos prováveis de dengue no DF somam 1.928 em 2017

Números apontam queda de 89% em relação ao mesmo período de 2016

Resultado de imagem para dengue
Até a 19ª semana epidemiológica de 2017 (de 7 a 13 de maio), o Distrito Federal identificou 1.928 casos prováveis de dengue. Desse total, 1.653 são de moradores locais, e 275, de outras unidades da Federação.

Os números representam uma queda de 89,05% na incidência da doença em relação ao mesmo período de 2016. No ano passado, foram 17.623 registros.

Os dados constam do Informativo Epidemiológico nº 20, divulgado pela Secretaria de Saúde nesta quarta-feira (17).

Entre as regiões administrativas que mais apresentaram casos estão: Planaltina, Samambaia, São Sebastião, Gama, Ceilândia, Santa Maria, Taguatinga, Guará, Sobradinho II, Sobradinho, Recanto das Emas, Estrutural, Paranoá e Vicente Pires. Juntas, elas concentram 84% das ocorrências prováveis.
Número de mortes também diminuiu

Até o momento, não houve nenhuma morte por dengue em 2017 em residentes de Brasília. Em 2016, no mesmo período, foram 19 óbitos. Os casos graves também diminuíram de 33 para 6.

Em relação à febre chikungunya, houve 307 prováveis incidências entre os brasilienses no ano passado, contra 67 neste — redução próxima a 78%.

Para o zika vírus, a diminuição foi de 95%: 32 casos prováveis em 2017 em moradores do DF e 596 no ano passado.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós