Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

CIL promove atividades de conscientização sobre educação inclusiva

07/03/2017

/ por Brasilia de Todos Nós
Programação aberta ao público prevê palestras com especialistas, exposição fotográfica e exibição de curtas-metragens sobre a temática

Atividades têm suporte para pessoas com deficiência. Foto: Tony Winston.
Respeito à diversidade e inclusão são temáticas que integram o currículo dos alunos dos Centros Interescolares de Línguas (CILs), da Secretaria de Educação.Nesta semana, estudantes das unidades do Plano Piloto participam de palestras, exibição de filmes de curta-metragem, dinâmicas e até exposição fotográfica sobre as especificidades e os direitos das pessoas com deficiência.

“Deficiência é a combinação de uma limitação funcional somada às barreiras do ambiente e sociais”, definiu a palestrante Anna Paula Feminella, especialista em políticas de inclusão, durante conversa com os alunos na segunda-feira (6), primeiro dia de atividades.

Anna Paula, que é cadeirante, é um dos seis convidados que passarão pela unidade da Asa Sul até sexta-feira para a Semana Distrital de Conscientização e Promoção da Educação Inclusiva aos Alunos com Necessidades Educacionais Especiais, instituída pela Lei Distrital 5.714, de 2016.

Em três apresentações, nos três turnos, a palestrante falou sobre a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, nº13.146, de 2015. De acordo com ela, é fundamental pensar o modelo social da deficiência, termos inadequados e as políticas públicas para o setor no País. “Não queremos privilégios, e sim igualdade de direitos”, afirmou.
"Não queremos privilégios, e sim igualdade de direitos"Anna Paula Feminella, especialista em políticas de inclusão

Ainda na segunda-feira, o público teve a oportunidade de assistir à palestra Eu surdo: desafios em um mundo de ouvintes, ministrada pelo professor João Paulo Vitório, que é surdo e especialista em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Os estudantes assistiram filmes de curta-metragem sobre diversidade e foram orientados sobre um concurso de cinema sobre inclusão promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para jovens de 9 a 25 anos. O cronograma para os próximos dias prevê mais exibições de curtas e do longa A família Bélier(2014), que aborda a temática da surdez, seguido por debate com alunos surdos, e palestras sobre as barreiras da educação.

Diretora da unidade da 907/908 Sul, Renata Batista Sousa Corcino reforçou que a ideia é garantir um ambiente favorável para os alunos com deficiência e mostrar aos demais como lidar com as diferenças. “Muitos têm vontade de acolher uns aos outros, mas têm dúvidas, receio. Queremos quebrar essas barreiras entre os estudantes e mostrar a importância da inclusão”, defendeu.

A escola atende alunos com deficiências múltiplas — física, mental, transtornos, autismos e outras condições — desde 2001. A unidade recebe pelo menos cem alunos com deficiência e cerca de 30 na sala de recursos específicos, criada para apoiar os estudantes e os professores com atendimento curricular e extracurricular nos idiomas oferecidos pelo CIL.

Até esta sexta-feira (10), o público pode ver a exposição fotográfica 21 motivos para celebrar, do aluno e fotógrafo Mohamed Blal Sokem Dalloul, que retrata 21 jovens que, assim como ele, têm Síndrome de Down. A mostra inédita está na escola desde 2 de março em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down, 21 de março.

No CIL da 711 Norte, a ação ocorre em sala de aula, por meio de dinâmicas. “Convidamos alunos que têm deficiência para falar da experiência aos demais, e depois promovemos atividades sensoriais para que eles possam vivenciar as limitações do outro”, contou a diretora Leticia de Lourdes Curado Teles.

Na segunda e nesta terça-feira (7), a programação oferece aos estudantes um pouco mais de conhecimento sobre cegueira e baixa visão, por meio da atividade intitulada Todos no meu lugar. Na quarta e na quinta-feira (8 e 9), serão exibidos curtas-metragens, e na sexta-feira (10) haverá sessão aberta do filme Como estrelas na Terra (2007), às 17 horas.


Semana Distrital de Conscientização e Promoção da Educação Inclusiva aos Alunos com Necessidades Educacionais Especiais

7, 9 e 10 de março (terça, quinta e sexta-feira)

Programação completa no site

Mostra 21 motivos para celebrar

Até 10 de março (sexta-feira)

Das 7h30 às 21h40

No Centro Interescolar de Línguas da Asa Sul (SGAS 907/908, Módulos 25/26)
Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós