Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Terracap abre licitação para escolher gestor de fundo do Parque Tecnológico

12/12/2016

/ por Paulo Melo
Entre as atribuições do vencedor do certame está o planejamento das obras. Os interessados têm até as 9 horas de 23 de dezembro para apresentar propostas
Instituições financeiras interessadas em gerir e administrar o Fundo de Investimento do Biotic – Parque Tecnológico têm até as 9 horas de 23 de dezembro para apresentar propostas. O valor estimado da licitação aberta pela Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap) é de R$ 3.294.592,00.

Desde que credenciadas na Comissão de Valores Mobiliários, vinculada ao Ministério da Fazenda, pode participar do certame qualquer instituição financeira, além de distribuidoras e corretoras, ambas de títulos e valores mobiliários.

Com foco em inovação e tecnologia da informação e comunicação, o Biotic – Parque Tecnológico será gerido por um fundo de investimento. A Terracap participa com o terreno, avaliado em cerca de R$ 1,4 bilhão. A expectativa é que investidores privados somem com aporte de R$ 1,6 bilhão – totalizando o valor de R$ 3 bilhões.

O vencedor do certame terá prazo de seis meses para estruturar o fundo. Entre as atribuições, estão o planejamento de obras, um plano de negócios, a instituição das bases jurídicas necessárias e que estipulação do retorno financeiro estimado.

O próximo passo será a criação de uma sociedade de propósito específico (SPE), integrada pelos investidores. Eles serão responsáveis por administrar os recursos e por executar obras de infraestrutura urbanística.

Fixada por lei em 2002, a área destinada ao parque tecnológico tem 1,2 milhão de metros quadrados, entre a Granja do Torto e o Parque Nacional de Brasília, com capacidade para abrigar cerca de 1,2 mil empresas. Hoje, funcionam no local os centros de processamento de dados do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal e uma subestação da Companhia Energética de Brasília (CEB). Está em construção, atualmente, o edifício de Governança do Biotic. A sede abrigará Fundo de Amparo à Pesquisa do DF.

O governo quer atrair de startups a multinacionais para aumentar a cooperação e a criação de negócios entre empresas, universidades e centros de pesquisa. Principal empreendimento do governo de Brasília na área de ciência, tecnologia e inovação, o Biotic integra a lista de locais prioritários do governo para firmar parcerias com a iniciativa privada.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós