Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Pró-Vítima nas Escolas estreia com ação no Recanto das Emas

Objetivo é capacitar professores e estudantes para lidar com situações de violência. Evento no sábado (17) terá peça teatral infantil, oficinas gratuitas e atendimento jurídico e psicológico, entre outras atividades


A primeira ação do projeto Pró-Vítima nas Escolas ocorre no sábado (17), às 9 horas, no Centro de Ensino Fundamental 801, no Recanto das Emas. A iniciativa tem o objetivo de orientar professores e alunos sobre os meios de prevenção de ocorrências violentas e de tratamento de sequelas.

No evento, a Subsecretaria de Proteção às Vítimas de Violência (Pró-Vítima), da Secretaria de Justiça e Cidadania, oferecerá atendimento jurídico, psicológico e de assistência social. Além disso, a trupe teatral Ser Criança apresentará um espetáculo concebido especialmente para transmitir o recado ao público infantil. “Nosso roteiro é orientado por assistentes sociais, psicopedagogos e conselheiros tutelares. Esse cuidado é tomado para que possamos abordar temas delicados, como pedofilia e bullying, diretamente com as crianças”, explica o diretor da peça, Rogério Almeida.

Também haverá oficinas de leitura, de escultura de balões, de pintura de rosto, de enfermagem (autoexame de câncer de mama) e de orientação nutricional, em parceria com professores e alunos do Centro Universitário Iesb. Serão oferecidos ainda corte de cabelo gratuito e avaliação oftalmológica.
Postos da Subsecretaria de Proteção às Vítimas de Violência (Pró-Vítima) no DF

Em todo o Distrito Federal, há cinco postos da Pró-Vítima para acolhimento do público: na sede da Secretaria de Justiça e Cidadania e na Estação 114 Sul do metrô (Asa Sul), em Ceilândia, no Guará e no Paranoá. O funcionamento de todos é das 8 às 18 horas.

Até junho de 2016, foram registradas 600 audiências acerca de casos envolvendo vítimas de violência. Noventa e oito pessoas aderiram à iniciativa e receberam atendimento da equipe multidisciplinar. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (61) 2104-1934 e (61) 2104-1953.

Núcleos da Pró-Vítima

Sede da Secretaria de Justiça e Cidadania
Antiga Estação Rodoferroviária
Telefones: (61) 2104-1934 / 2104-1967

Ceilândia: QNN 5/7, Área Especial C
Telefones: (61) 2196-2704 / 2196-2706

Guará: QELC, Alpendre dos Jovens, Lúcio Costa.
Telefones: (61) 2104-0280 / 2104-0282

Paranoá: Quadra 5, Conjunto 3, Parque de Obras
Telefones: (61) 2191-8781 / 2191-8783 / 2191-8784

Plano Piloto: Estação 114 Sul do metrô
Telefones: (61) 2104-1191 / 2104-1195

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós