Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Centro Educacional recebe ação contra o Aedes aegypti

Ao lado do ministro da Saúde, Marcelo Castro, o governador de Brasília destaca a importância do apoio da população na batalha contra o mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya

Além do governador Rodrigo Rollemberg, participou da visita o Ministro da Saúde, Marcelo Castro
Estudantes e professores do Centro Educacional Agrourbano Ipê, no Caub I, no Riacho Fundo II, promoveram uma série de atividades culturais com o objetivo de sensibilizar a comunidade no combate ao Aedes aegypti. 

A atividade, na manhã desta quarta-feira (6), integra a Semana da Família na Escola — programa do Ministério da Educação destinado a incentivar a participação da população na vida escolar. Mobilização faz parte do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes aegypti e à Microcefalia.

Presente na ação, o governador Rodrigo Rollemberg reforçou a necessidade de unir forças para o enfrentamento ao mosquito causador da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya. "Estamos empenhando um esforço gigantesco para comprar produtos e equipamentos de combate ao inseto, mas as pessoas não podem deixar de fazer a sua parte."

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse que a erradicação do mosquito tornou-se um desafio mundial, pois está presente em mais de 100 países. Castro ressalta a prevenção como medida mais viável no momento. "Estamos buscando vacinas e tratamentos, mas isso demanda pesquisa e tempo. Não é imediato."

Mobilização nacional
A Semana da Família na Escola é encabeçada pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação e envolve todo o sistema educacional brasileiro, com ênfase nos 223 municípios considerados prioritários para o combate ao Aedes aegypti.

Durante a solenidade, o secretário de Educação do Distrito Federal, Júlio Gregório, entregou para Rollemberg e para Castro, o Programa de Combate ao Aedes Aegypti. No documento estão descritas as ações que a pasta fará nas escolas do DF. Logo após o encontro, as autoridades percorreram a instituição de ensino e conheceram os projetos de sustentabilidade de baixo custo, como Casa Ecológica e os sistemas de compostagem de alimentos.

Também estiveram presentes o administrador do Riacho Fundo II, Vicemar Medeiros, e o deputado distrital Julio César (PRB), entre outras autoridades.

Boletim 

Segundo o boletim epidemiológico divulgado em 30 de março, 7.821 registros de dengue foram confirmados em moradores do DF desde o início do ano. Fevereiro é o mês com mais ocorrências (4.172) seguido por janeiro (2.103).

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós