Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Petrobrás apela à privatização para quitar dívidas de corrupção

Endividada e alvo de um dos maiores esquemas de corrupção do país, a Petrobras teve que apelar para a venda de ativos em busca de quitar suas dívidas

A entrega de quase metade dos ativos da empresa para a iniciativa privada é consequência da má gestão e do envolvimento da estatal nos escândalos da Operação Lava Jato, o que representa, na prática, quase uma privatização da estatal.

De acordo com matéria publicada hoje (3) pelo jornal Folha de S. Paulo, as negociações para venda de dois campos de petróleo e dos 81% da Petrobras na subsidiária que controla a malha de gasodutos Sul e Sudeste, além da fatia de 49% na Braskem, já estão em estado avançado,

Nesta quarta-feira (2), a estatal comunicou aos investidores que negocia com a Pampa Energia a venda das operações na Argentina e que buscará interessados em campos terrestres de petróleo. A Pampa Energia ofereceu apenas US$ 1,2 bilhão pela operação, valor abaixo da avaliação de mercado. A YPF chegou a fazer uma proposta, também de valor baixo.

A Petrobras pretende arrecadar US$ 14,1 bilhões em 2016 para amenizar sua dívida que se aproxima da casa de US$ 100 bilhões. A Gaspetro já foi vendida a US$ 1,9 bilhão.

A estatal também botou à venda dois campos de petróleo. Ambos já estão em produção: Golfinho, na bacia do Espírito Santo, e Baúna, em Santos. Pelo menos duas empresas, a PetroRio e a australiana Karoon, entregaram propostas por essas áreas nesta semana. Especialistas avaliam que Baúna vale cerca de US$ 500 milhões.

A petrolífera brasileira também informou ao mercado que aprovou a venda de campos terrestres. São projetos de menor escala, já em final da vida útil, a sua maioria na região Nordeste. A estratégia é vender pacotes desses campos que podem atrair petroleiras de menor porte.

Foi disponibilizada, do mesmo modo, a malha de gasodutos (a antiga TAG). Com o objetivo de atrair compradores a empresa foi dividida em duas: NTS (gasodutos do Sul e do Sudeste) e NTN (gasodutos do Norte e Nordeste).

Nesta semana, a estatal recebeu propostas para a NTS. No entanto, não definiu ainda se vai vender apenas a NTS ou se tentará incluir também a NTN.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós