Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

No último dia do Galinho, bloco reúne 40 mil pessoas na Asa Sul

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, estava entre os foliões, animados ao som do frevo

Cerca de 40 mil pessoas passaram pelo Galinho de Brasília até as 21 horas desta segunda-feira (8), de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social. O bloco, criado em 1992, é um dos mais tradicionais da capital e homenageia o pernambucano Galo da Madrugada.

Entre os foliões, estava o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, que dançou frevo e fez o percurso ao lado do trio elétrico. Para o chefe do Executivo local, o carnaval candango pode ser considerado rico culturalmente: "É um dos carnavais mais interessantes pela diversidade cultural na cidade". A foliã e jornalista Carolina Tulim, de 27 anos, comentou: "Não há o que reclamar da segurança e da organização no local".

O Galinho começou o desfile no Setor Bancário Sul, atravessou as Quadras 201/202 em direção a 203/204 e seguiu pelo eixinho sul. O bloco saiu às ruas no sábado, no domingo e na segunda de carnaval.

O dia (8) foi marcado com a presença de outros blocos. No Plano Piloto, foram: Aparelhinho, Boneca Negra, Carnapati, Carnaval Engenhoca, Carnaval Rua da Praça dos Prazeres, Carnavalesco das Divinas Tetas e Concentra Mas Não Sai. Em Águas Claras, houve o Lordes do Areal e em Taguatinga, o Asé Dudu e Mamãe Taguá.

O balanço de ocorrências desta segunda-feira, a cargo da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, será divulgado na manhã desta terça-feira (9), assim como os registros da Agência de Fiscalização do DF e do Serviço de Limpeza Urbana.

Veja a programação da folia até 27 de fevereiro.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós