Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Governo revitaliza iluminação pública do Setor Comercial Sul

Novos postes contribuirão para dar maior segurança aos frequentadores do local e para incentivar a instalação de comércio noturno

Para reforçar a segurança, o governo de Brasília revitalizou a iluminação pública no Setor Comercial Sul. Os postes montados têm altura menor (5, 7,5 e 11 metros) do que os antigos (que têm 16 metros) para que as árvores não comprometam o resultado. Ainda foram usadas lâmpadas de luz branca (tecnologia vapor metálica), que permite visualização maior de detalhes nas áreas de circulação de pedestres, como desníveis no solo.

Já para os estacionamentos, os postes usados são de 11 metros de altura e funcionam com luminárias de vapor de sódio (luz amarela), mais econômica e resistente. De acordo com a Companhia Energética de Brasília (CEB), a escolha tem melhor custo-benefício, visto que não há necessidade de detalhes no caminho para os motoristas.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, esteve no evento de inauguração dos novos postes nesta segunda-feira (22). "A política de segurança envolve também iluminação pública", disse. A revitalização faz parte da ação Centro Legal, que visa a reestruturar o espaço por meio de mudanças físicas, segurança e melhoria do ambiente para a convivência comum.

Segundo o chefe do Executivo local, a revitalização ainda incentiva a instalação de comércios, como boates, que podem atuar à noite sem infringir a Lei do Silêncio. "O nosso interesse é estimular que essas atividades possam com o tempo vir para o Setor Comercial Sul."

Segurança
O reforço na iluminação faz parte do Viva Brasília — Nosso Pacto pela Vida, que adota medidas simples como forma de aumentar a segurança. "O Viva Brasília não envolve apenas atividades policiais. Dependemos de questões estruturais e de ações sociais de outros órgãos", afirmou a secretária da Segurança Pública e da Paz Social, Márcia de Alencar Araújo.

O programa do governo visa a melhoria da prestação dos serviços policiais e a redução dos crimes violentos letais intencionais — homicídio e latrocínio, por exemplo — e daqueles contra o patrimônio, como roubos a pedestre, em comércio e de veículos.

Orçamento
A Companhia Energética de Brasília (CEB) usou 180 postes de 5 metros de altura; 17, de 7,5 metros; 71, de 11 metros; e 6, de 16 metros. A instalação começou na segunda quinzena de setembro de 2015, e os postes instalados estão funcionando. Os novos equipamentos custaram R$ 732.378,04 — o recurso é proveniente da Contribuição de Iluminação Pública, da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos.

Também estiveram no evento o secretário de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade; o secretário de Mobilidade, Marcos Dantas; o secretário de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, José Guilherme Rural; o administrador do Plano Piloto, Marcos Pacco; e o diretor-presidente da CEB.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós