Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Esplanada tem dia de sensibilização no combate ao mosquito transmissor da dengue, da Chikungunya e do zika

Passeio ciclístico e ação educativa chamaram a atenção do público sobre a necessidade de erradicação dos focos do Aedes aegypti

O Corpo de Bombeiros, as Forças Armadas, a Agência de Fiscalização (Agefis) e a equipe de vigilância ambiental, da Secretaria de Saúde, montaram na manhã deste domingo (14) uma tenda para levar à população informações sobre o combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, da Chikungunya e do zika vírus. A estrutura ficou posicionada atrás do Congresso Nacional, próxima a outros estandes do Exército Brasileiro.

A ação conjunta ocorreu no dia da troca da bandeira, na Praça dos Três Poderes, realizada no primeiro domingo de cada mês — excepcionalmente hoje ocorreu no segundo domingo em função do carnaval. O dia começou com cerca de 1,5 mil ciclistas partindo do Setor Militar Urbano rumo à Praça dos Três Poderes. “Como parte integrante da força-tarefa de combate ao Aedes aegypti, o Exército propôs aos demais órgãos envolvidos que aproveitassem a solenidade de troca da bandeira para informar à população as formas de eliminar os focos do mosquito”, explicou o major do Corpo de Bombeiros Omar Oliveira.

O Exército Brasileiro informou que pretende dar prosseguimento às ações educativas já executadas pela força militar como subsídio, além de oferecer suporte às atividades de sensibilização junto aos moradores do Distrito Federal. 

Além dos ciclistas, a solenidade da troca da bandeira recebeu um público estimado em 1 mil. Os espectadores ouviram orientações sobre o ciclo do mosquito dos agentes de vigilância ambiental. Já os agentes da Agefis pontuaram as possibilidades de infrações para os casos de descarte irregular de lixo, com multas que podem variar de R$ 74 a R$ 185 mil, dependendo da quantidade, local e tipo.

Essas ações são também reflexo do Dia Nacional de Mobilização para o Combate ao Aedes aegypti, ocorrido no sábado (13) em todo o Distrito Federal e Entorno. Durante a atividade, as Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica – e o Corpo de Bombeiros inspecionaram 250.409 residências para explicar sobre o combate ao inseto, entregar panfletos e eliminar possíveis criadouros.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós