Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Memorial Bosque dos Pioneiros é inaugurado no Parque da Cidade

Neste sábado (30), governador Rodrigo Rollemberg participou de cerimônia no local, onde serão plantadas 350 mudas em homenagem a quem ajudou a construir Brasília

Colaboradora do governo e esposa do governador, Márcia Rollemberg, presidente da Associação dos Candangos Pioneiros, Luiz Lustosa Vieira, ex-deputado federal Carlos Murilo, presidente do Clube dos Pioneiros de Brasília, Roosevelt Dias Beltrão, viúva do Seu Teodoro, Maria Sena Pereira Freire, e o governador Rodrigo Rollemberg
Resgatar a história da cidade e homenagear quem ajudou a construí-la. Com esse objetivo, foi inaugurado, na manhã deste sábado (30), o Memorial Bosque dos Pioneiros, em área verde entre o Pavilhão de Exposição do Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek e o Estacionamento 2. A iniciativa é uma parceria da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) com a Associação dos Candangos Pioneiros de Brasília. Serão plantadas cerca de 350 mudas no Parque da Cidade e outras 3,1 mil em diversos locais do Distrito Federal.

A abertura da cerimônia, que teve a participação do governador Rodrigo Rollemberg, contou com apresentação da Banda de Música da Polícia Militar. Em seguida, foram entregues 13 placas com o nome de pioneiros, a atuação ou profissão deles e a data de chegada à capital. "Brasília é o maior exemplo da capacidade de realização do brasileiro. O presidente Juscelino Kubitschek foi genial ao conseguir animar todas essas pessoas a virem de vários lugares do País para construir a capital. Essa homenagem tem o objetivo de resgatar esse espírito. Temos muito a aprender com os pioneiros", discursou o chefe do Executivo, acompanhado da esposa dele, Márcia Rollemberg.

Treze árvores foram plantadas durante o evento, ao lado das quais serão afixadas as placas. O ex-deputado federal Carlos Murilo, de 88 anos, primo de Kubitschek, foi um dos homenageados. "É um importante reconhecimento a quem trabalhou e lutou por Brasília", afirmou. O aposentado Claudionor Pedro dos Santos, de 76 anos, também recebeu uma placa. Quando veio de Pilar (AL) para o Centro-Oeste, em 1957, trabalhou como locutor do serviço de alto-falante da Cidade Livre — acampamento de operários onde hoje fica o Núcleo Bandeirante —, transmitindo notícias para os moradores. "Fico feliz por este governo ter a sensibilidade de reconhecer os primeiros batalhadores. Tenho verdadeiro orgulho de ser candango", elogiou.

Estavam presentes na inaguração o secretário de Mobilidade, Marcos Dantas; a secretária-adjunta do Esporte e Lazer, da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer, Leila Barros; o secretário-adjunto de Turismo, da Secretaria de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Jaime Recena; o presidente da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap), Alexandre Navarro Garcia; o diretor-administrativo da Novacap, Júlio Menegotto; o presidente do Banco de Brasília, Vasco Cunha Gonçalves; o comandante-geral da PM, coronel Marcos Antônio Nunes de Oliveira; o secretário-adjunto da Segurança Pública e da Paz Social, coronel José Cláudio de Siqueira Carvalho; e o administrador do Parque da Cidade, Alexandro Ribeiro; entre outras autoridades.

Cooperação técnica
Durante a cerimônia, também foi assinado um acordo de cooperação técnica entre a Novacap, a Associação dos Candangos Pioneiros de Brasília e o Clube dos Pioneiros de Brasília para a implementação do Projeto Árvore do Pioneiro, do qual o bosque inaugurado no Parque da Cidade faz parte. O projeto prevê o plantio de 3,5 mil mudas de árvores típicas do Cerrado — como cedro, jacarandá, palmeira, jequitibá e ipê — ao longo de 2016.

No primeiro ano, as árvores serão plantadas em áreas do Parque da Cidade, da orla sul do Lago Paranoá e do Parque Ecológico da Vila Planalto. Posteriormente, em parques de outras regiões administrativas. O presidente da Associação dos Candangos Pioneiros, Luiz Lustosa Vieira, comemorou a iniciativa. "É uma maneira de guardar a história dos pioneiros, que fizeram coisas importantes pela cidade." O presidente do Clube dos Pioneiros de Brasília, Roosevelt Dias Beltrão, endossou a afirmação. "Quero parabenizar o governador por ajudar a preservar a memória dessas pessoas."

O plantio está dentro do Programa Anual de Arborização do governo de Brasília, executado pela Novacap, e que prevê o plantio de 150 mil árvores neste ano.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós