segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

DPVAT: O seguro de acidentes em veículos automotores de vias terrestres

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres – DPVAT, popularmente conhecido como “Seguro Obrigatório” foi instituído, e de fato tornou-se obrigatório, pela Lei 6.194/74, com importantes alterações trazidas pela Lei 8.441/92 e mais recentemente pela Lei 11.482/2007


A Lei que rege o Seguro DPVAT é considerada uma “Lei Social”, visto que foi criada para prestar o mínimo de amparo às vítimas de acidente de trânsito.

O seguro DPVAT garante uma indenização por dano pessoal, independentemente da apuração de culpa da vítima ou de quem quer que seja o causador do acidente.


A Legislação que rege o Seguro DPVAT, é muito clara e precisa com relação às exigências para que a vítima possa receber a sua indenização. Ocorre que as Seguradoras acabam por impor diversas dificuldades e burocratizam de tal maneira que a vítima acaba não conseguindo receber ou recebem muito menos do que tem direito. 

O objetivo da Seguradora é muito claro, quanto mais se impõe dificuldades e negam os pagamentos, mais recursos sobram para serem rateados, entre as próprias Seguradoras, ao final de cada ano. 

Está na Lei, você que foi vítima de acidente de trânsito tem direito. Não desista do recebimento diante da burocracia imposta pelas Seguradoras. 
O Seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre ou por sua Carga a Pessoas Transportadas ou Não) foi criado em 1974, para amparar as vítimas de acidentes com veículos em todo o território nacional, não importando de quem seja a culpa. Como se vê, trata-se de um seguro eminentemente social
.
Estão cobertos pelo Seguro DPVAT todos os cidadãos, em qualquer parte do Brasil, sejam eles motoristas, passageiros ou pedestres. O Seguro DPVAT oferece três tipos de coberturas:

Reembolso das despesas médicas, hospitalares e farmacêuticas ocasionadas pelo acidente de trânsito até o valor limite de R$ 2.700,00.

Indenização pela perda total ou parcial de membros ou funções ocasionadas pelo acidente de trânsito até o valor limite de R$ 13.500,00

Indenização aos herdeiros pela morte da vítima de acidente de trânsito no valor de R$ 13.500,00;
Tem dúvidas de como encaminhar o DPVAT?
Quer saber a situação atual de seu processo?


A Central Assessoria de Seguros tem ampla experiência na obtenção das indenizações do Seguro DPVAT, assessorando as vítimas e os beneficiários com total suporte técnico e administrativo.
Trabalhando com seriedade e competência, estamos sempre dispostos a oferecer um serviço de qualidade e confiança em atendimento DPVAT.

Alguns exemplos de casos que são amparados pelo Seguros DPVAT: 

atropelamento;
queda de motocicleta parada ou em movimento;
colisão, explosão, capotamento, afogamento;
prendendo a mão na porta, porta-malas ou capô;
queda da carroceria (mesmo com o veículo parado);
trocando o pneu do carro ou em borracharia;
no embarque ou desembarque de mercadorias;
implementos agrícolas: trator, roçadeira, colheitadeiras entre outros


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Mais vistas

Publicidade

Principais tags

#CapitaldeTodososBrasileiros #BrasíliadeTodosNós www.brasiliadetodosnos.com.br BRASÍLIA DE TODOS NÓS Por Beatiz Caparelli BRASÍLIA Beatriz Caparelli Programa Brasília de Todos Nós Por Bertoldo Neves CURSO Por Paulo Roberto Melo Jornalista Paulo Roberto Melo Marcelo Melo Por Emerson Tormann Rádio Brasília de Todos Nós Rádio Federal Distrito Federal DICA PROJETO CEILÂNDIA GDF LULA MULHER NOTÍCIA BOA RORIZ informação obras no DF ARRECADAÇÃO CAIXA CHUVA CIDADES DF ESCOLA EXTINTOR FABRICA SOCIAL Folha de pagamento Governo do DF LIXO MAIORIDADE PENAL PACTO PELA VIDA PARQUE DA CIDADE POLÍTICA SAÚDE SERVIÇO consumidor ACNE ACUSADO ADOÇÃO ALIMENTAÇÃO ARROCHO Abertas as inscrilções para cinco cursos de qualificação para trabalhar em condomínios BACTERIAS BAHIA BALÉ BRB CAMPANHA CDL CEASA CINEMA CIÊNCIA COMBUSTIVEIS CONCESSOES CONCURSADO CONGRESSO NACIONAL CONSELHEIRO TUTELAR CONSELHO CONTABILIDADE CORRIDA CRIME CRISE CUIDADO Cristovam Buarque CÂMARA LEGISLATIVA DENGUE DILMA DROGAS EDUCAÇÃO EMPRESA ENCONTRO DE MOTOS ENEM ENFERMEIRA ESPORTE ESTRADA EU APOIO UBER EXCLUSIVIDADE Enérgia solar FAIXAS EXCLUSIVAS FALA SÍNDICO FEIRA FERCAL FERIADO FESTA DO DIVINO FIBRA FIFA GOVERNADOR GRATUITA GREVE HÉLIO DOYLE IMÓVEIS IPTU IPVA IRPF JARDIM BOTÂNICO LAGO SUL LIBIDO LIDER LIGADO AO PT LILIANE RORIZ LOTERIAS MAIO AMARELO METRÔ MORTE MP NA HORA NAIALA INGRID NESTLE NOTA LEGAL ORGÂNICO PALESTRA PARALISAÇÃO PARQUES PARQUES DE BRASÍLIA PENTECOSTES PLANO PILOTO QUALIDADE RECONHECIMENTO REGULARIZAÇÃO RIO 2016 ROGÉRIO ROSSO ROLLEMBERG SAFRA SELO DE QUALIDADE SENADO SINDUSCON SOBRADINHO SOLIDARIEDADE SUCESSO SUGEIRA TAGUATINGA TCDF TELEVISÃO TRANSPORTE TROCANDO IDEIAS ENTRE SÍNDICOS TRT TURISTA Uber VACINAÇÃO GRIPE VICENTE PIRES Wander Azevedo bike casa civil cldf condomínio criança cultura hospital idoso igreja inadimplência inflação informatica música obra opinião segurança serasa stj síndico taxi pré-pago tempo ÁGUA