Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Luz é essencial ao condomínio

Mais que uma necessidade, uma iluminação adequada pode transformar o ambiente e gerar economia



Você já imaginou como seria a sua vida se não existisse a luz elétrica? Desenvolver atividades básicas como cozinhar, ler um livro, tomar banho à noite seriam impraticáveis. Durante o dia é indicado que se aproveite ao máximo a luz solar e deixem os dispositivos elétricos desligados para evitar desperdício de energia, mas depois que o sol se põe as lâmpadas se tornam itens indispensáveis.

Mais que uma necessidade, a iluminação artificial pode ser um valioso instrumento estético na hora de montar um espaço. A coloração e intensidade da luz é capaz de tornar um ambiente menos ou mais aconchegante, estimular ou desacelerar o raciocínio, valorizar qualidades ou “esconder” imperfeições e, a depender do que será usado nestes ambientes, poderá ficar duplamente alto o custo.

Profissional – Para explorar todo o potencial das luzes existe o lighting designer. Esse profissional é responsável pela elaboração do projeto de iluminação em uma reforma, ele trabalha em sintonia com o arquiteto e o designer de interiores.

No caso dos condomínios que possuem área comum grande e são locais de muito trânsito de pessoas, devem ser bem iluminados para evitar acidentes. A luz deve ser fornecida em uma quantidade ideal para que o condômino não esbarre ou tropece em nada e possa se machucar. A segurança também deve ser levada em consideração quando o assunto é iluminação de áreas externas.

A iluminação LED – As lâmpadas de LED e dicroicas ainda são relativamente pouco conhecidas, mas devem se popularizar nesta década. O LED é um componente eletrônico, mais precisamente, um diodo semicondutor. O funcionamento é simples, diferente da maioria dos componentes eletrônicos, que liberam energia através do calor, o LED consegue liberar a energia excedente na forma de luz.

As atuais lâmpadas de LED proporcionam uma iluminação excelente. Apesar de utilizarem os mesmos bocais que as lâmpadas incandescentes e fluorescentes, elas ainda não estão custando o mesmo preço das já existentes, porém podem proporcionar uma economia muito maior tanto no consumo, como na durabilidade.

Economia – Uma lâmpada comum de 60 watts tem mil horas de vida, a lâmpada econômica de 15 watts, oito mil horas de vida, já a lâmpada de LED de 11 watts, 30 mil horas de vida. A luz LED vai gerar até 80% de economia na conta de luz. Outra vantagem desta lâmpada é que estas não contaminam o solo em seu descarte e o alumínio, ou o aço, da estrutura podem ser reciclados. O tempo de vida útil é outro fator importante e o LED pode durar até 25 vezes mais do que uma lâmpada convencional, chegando a uma média de 14 anos sem troca. A luz de LED também é mais indicada para quem procura cuidar o máximo da saúde, já que ela não emite raio infravermelho e ultravioleta, por isso não prejudica a pele das pessoas e não gera calor (reduzindo o consumo de ar condicionado).

Este tipo de iluminação é aconselhável para locais onde se precisa da luz durante todo o dia, áreas externas e áreas coletivas, como em elevadores e halls de condomínios, pois geram uma economia de energia significativa.

Lâmpadas dicroicas têm a qualidade da iluminação como um dos primeiros aspectos responsáveis pela valorização da lâmpada dicroicas LED. O índice de reprodução de cor desse tipo de ponto de luz corresponde a quase 100%, ou seja, tudo o que está em volta e que é iluminado por essas lâmpadas acaba tendo um realce interessante em suas cores.

As lâmpadas dicroicas LED têm entre suas principais características o fato de terem um brilho bastante intenso e concentrado. Por isso, apesar de a lâmpada dicroica LED ter a função principal ser sempre a própria iluminação, ela também é objeto de decoração interessante, desde que utilizada de forma inteligente para isso. Essa luz deve ser canalizada para partes específicas do ambiente, que fiquem melhor sendo evidenciadas, como focalizar espaços ou objetos específicos, fazer marcações em telas ou esculturas, por exemplo.

Além das vantagens já citadas, esse tipo de lâmpada emite um facho de luz 60% mais frio que o de refletores convencionais semelhantes. Isso a torna indicada para iluminar objetos sensíveis ao calor.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós