Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Aeroporto JK vai ganhar outlet, hospital, universidade, parque aquático e cinco hotéis

Segundo a Inframerica, obras começam no segundo semestre de 2016. Mas concessionária admite que ainda não tem todas as licenças para o empreendimento. Governador Rollemberg disse que vai “agilizar”


A partir de 2018, os aviões não serão as únicas estrelas do Aeroporto Internacional de Brasília. Com investimentos de R$ 3,5 bilhões, o local vai ganhar, segundo o consórcio Inframerica, um novo terminal, um shopping com 280 lojas, outlet, hospital, universidade, mais cinco hoteis, além de prédios de escritórios, parque aquático e quatro mil vagas de estacionamento. O novo plano imobiliário do JK foi anunciado na manhã desta sexta-feira (18/12). As obras têm previsão de começar no segundo semestre de 2016. Apesar do anúncio, a concessionária não tem ainda todas as licenças necessárias para tirar do papel o megaprojeto.

Vamos antecipar as burocracias para encaminhar o mais rápido possível essas obras. Por se tratar de uma área da União, mas dentro de uma unidade da Federação, o processo precisa envolver todas as instâncias. Estamos encaminhando tudo como manda a lei”, garantiu o presidente da Inframerica, José Luiz Menghini. Segundo a assessoria da concessionária, a “licença ambiental já está quase em conclusão.”

Presidente da Inframérica, José Luis Menghini, apresenta plano de investimento.Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Se depender do govenador Rodrigo Rollemberg (PSB), tudo vai correr de acordo como querem os empresários. “É mais que um investimento econômico para Brasília. É sobretudo um investimento no que entendemos ser uma das maiores vocações de Brasília: o turismo. Faremos o que for de nossa responsabilidade para agilizar esses investimentos”, afirmou o socialista, durante o anúncio.

O projeto
O Terminal JK será um dos empreendimentos. Com vocação comercial de 303 mil metros quadrados, comportará, conforme anuncia a concessionária, um shopping com 280 lojas, 30 opções de fast-food e oito restaurantes, além de um edifício garagem, dois hotéis, dois edifícios escritórios, cinema, academias e áreas destinadas a descanso.

Segundo terminal de passageiros do país, o aeroporto de Brasília vai ganhar, também segundo a Inframerica, o Sun Park City Center, centro de comércio, serviços e lazer. Serão 418 mil metros quadrados. O complexo contará com um parque aquático, aquário, kids place, cinema, área verde, lago, outlet, arena multiuso, centro de convenções, hospital e universidade.

De acordo com José Luiz Menghini, o sucesso do aeroporto brasiliense “é a prova de que o modelo de concessão pode ser exitoso”. O terminal do DF comporta 60 voos por hora e o trânsito de 21 milhões de passageiros por ano.
Esses novos projetos mostram que a concessionária aposta em Brasília. Estamos lançando a primeira cidade aeroportuária do país."
José Luiz Menghini, presidente da Inframerica

Escritórios
Já o Office Park será um complexo de prédios de escritórios com estacionamento privativo e rotativo, com 487 mil metros quadrados, construído no modelo Built to Suit, ou seja, sob medida para atender as empresas privadas ou governamentais. Segundo a Inframerica, os imóveis retornarão para a União ao final do contrato de concessão.

Para complementar os serviços de cargas, a Inframerica vai construir o Storage, um espaço de 85 mil metros quadrados destinado ao armazenamento de cargas.

As obras começarão no segundo semestre de 2016, com previsão de término em sete anos. Todo o projeto acrescentará mais de 1,3 milhão de metros quadrados de área construída aos 400 mil metros quadrados já existentes. A expectativa é que mais de 10 mil operários sejam empregados durante o período de construção e após a conclusão, deverão atrair mais de 13 mil novos empregos.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós