Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Indústria nacional perde participação no PIB

A falta de uma política de governo de incremento ao setor produtivo já reflete na área industrial

Foto: Anderson Lima.

A Fundação João Mangabeira, em seu boletim Conjuntura Brasil, faz uma análise nada favorável ao cenário da indústria nacional.

Uma das conclusões é que a desindustrialização figura como principal fator de difusão da recessão econômica que o país atravessa.

As informações constam em reportagem sobre o assunto, publicada pelo jornal “Correio Braziliense”, na edição desta sexta-feira (02).

“A indústria brasileira agoniza. Sem uma política de governo estruturante, a matriz industrial do Brasil perde competitividade e compromete um setor que está no topo da cadeia produtiva de qualquer nação que busca a soberania plena com destaque no cenário mundial”, diz a reportagem.

A matéria, ao tratar desse contexto, destaca que independente do ponto de vista adotado, participação no produto interno bruto (PIB), percentual de empregos criados, crescimento do valor da transformação industrial (VTI), comparação com o desempenho mundial, o fato é que país está se desindustrializando.

Dados históricos corroboram essa análise: em meados da década de 1980, a indústria representava 36% do nosso PIB. Hoje, representa 14% e se compara ao percentual da primeira metade da década de 1940.

Segundo a apuração, “nossa indústria, que já foi superavitária na relação com o mundo, passou a ter impacto negativo na balança comercial. É nítido o descompasso com os padrões globais: entre 1986 e 2014, a participação da indústria brasileira na produção industrial mundial caiu de 2,5% para 1,6%. ”

Fonte: Redação.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós