Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Empresa aposta no marketing de relacionamento como diferencial competitivo

Apesar do cenário atual, Ferragens Pinheiro vê uma reação positiva aos tempos de crise

Foto: Aline Dias.

Crescimento de marcas próprias, novos formatos de lojas e mais serviços integrados são algumas tendências apontadas no setor de materiais de construção. De acordo com estudo realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), em agosto, cerca de 40,7% dos empresários do setor pretendem investir – sendo 11,1% em aumento da capacidade e 29,6% em modernização dos meios de produção – nos próximos 12 meses.

A diretora-executiva da Ferragens Pinheiro, Janine Brito, acredita que o ideal é adotar uma política de mínimo risco. “O crescimento deve ser lento, visando sempre a saúde da empresa”, garante a empresária.

A Ferragens Pinheiro, por exemplo, optou por relacionar-se com os clientes em busca de um vínculo forte e duradouro. “Temos um verdadeiro shopping do aço, com total interação entre clientes, serviços e produtos num ambiente de beleza, charme e conforto”, reforça. Outra vantagem foi a abertura do espaço físico utilizado pela empresa para promover um evento para os compradores — o “Pinheiro Convida” é um projeto exclusivo da Ferragens Pinheiro com a finalidade de criar um networking e ainda oferecer atividades de interesse do setor.

“Para nós, a crise tem representado uma leve diminuição no volume de vendas e uma desaceleração do crescimento. No entanto, as nossas vendas continuam competitivas e isso é uma reação positiva aos tempos de crise”, comenta Janine Brito.

Médias empresas estão mais fortes – Enquanto as recessões e as dificuldades governamentais afetam o ânimo dos grandes empresários, os médios passam a ganhar terreno e podem ir além, buscando estratégias de crescer com a crise. Apesar das grandes dificuldades de se estabelecer com vistas às atividades mercantis, a criatividade e a inovação se tornam essenciais para a desenvoltura empresarial de qualquer segmento.

Pioneira na cidade, a Ferragens Pinheiro se destaca na capital do país. A empresa ganhou notoriedade no DF após passar por uma série de transformações no seu modelo de gestão. “Uma empresa que não tenha planejamento e estratégia em longo prazo, não está preparada para enfrentar o mercado”, afirma a empresária.

A Ferragens Pinheiro foi fundada pelo pai de Janine Brito, Getúlio Pinheiro de Brito, em 1960. O que começou com um pequeno espaço em uma área comercial de Taguatinga (DF), com cerca de cem produtos para comercialização, transformou-se em um empreendimento, localizado em duas importantes áreas comerciais no DF, sendo uma área com mais de 10 mil m², composta por um estoque com mais de dois mil produtos, e outra loja com 3.600 m² no SIA.

“As coisas foram lentas, mas caminharam com uma solidez que me ensinou a nunca dar passos maiores do que o possível. Além disso, nos enche de orgulho saber que estamos contribuindo para o crescimento da cidade desde a sua fundação”, observa Janine.

Fonte: Redação.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós