Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Rollemberg anuncia criação de Fórum Distrital de Políticas de Reforma Agrária

Medida será publicada no Diário Oficial do DF desta sexta-feira (25)

Foto: Bertoldo Neves.

Durante encontro com representantes de movimentos agrários que estão acampados entre a Praça do Buriti e o Memorial dos Povos Indígenas desde segunda-feira (21), o governador Rodrigo Rollemberg anunciou, nesta quinta-feira (24), que vai instituir o Fórum Distrital de Políticas de Reforma Agrária do Distrito Federal. O decreto de criação será publicado nesta sexta-feira (25) no Diário Oficial do Distrito Federal, e a expectativa é que a primeira reunião ocorra já na próxima semana.

Recebidos pelo chefe do Executivo e dirigentes de órgãos ligados ao tema, no Palácio do Buriti, os manifestantes debateram pontos de interesse do grupo, com destaque para um plano de assentamento destinado às famílias do Distrito Federal. Em resposta, Rollemberg propôs visitar assentados e destacou o apoio e a atuação do governo no combate à grilagem de terra.

"O fórum será um espaço para debater as políticas, determinar um cronograma, assumir compromissos e estabelecer metas", adiantou o governador. Ele ressaltou que a política de reforma agrária é um procedimento de longo prazo, para além de quatro anos de mandato.

Agricultura familiar
O desenvolvimento da agricultura familiar também entrou na pauta. "Queremos estabelecer uma parceria e avançar nesta agenda, com a compra de alimentos para a merenda de escolas e creches", exemplificou Rollemberg.

Depois do encontro, os representantes dos movimentos disseram que consultariam os demais integrantes da ocupação para decidir se finalizariam a manifestação e voltariam aos assentamentos ou se aguardariam no local até a primeira reunião do fórum. "O balanço é positivo, a abertura do governo para debater com os movimentos é boa, temos diálogo com os secretários e conseguimos avançar", avaliou Cledinei Zawaski, da direção estadual do Movimento Sem Terra do Distrito Federal e Entorno.

Desde segunda-feira (21), de acordo com a Polícia Militar, cerca de 250 membros de 11 movimentos sociais ligados à reforma agrária e desenvolvimento do campo estão acampados em frente ao Palácio do Buriti. Ao chegarem, ainda na segunda, eles foram recebidos pelo subsecretário de Movimentos Sociais e Participação Popular, da Secretaria de Relações Institucionais e Sociais, Acilino de Almeida.

Participaram da reunião os secretários de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, José Guilherme Leal; de Relações Institucionais e Sociais, Marcos Dantas; de Saúde, Fábio Gondim; de Educação, Júlio Gregório Filho; do Esporte e Lazer, Leila Barros; e de Mobilidade, Carlos Tomé. Além deles, estiveram o secretário-adjunto, Manoel Alexandre, e o subsecretário de Movimentos Sociais e Participação Popular, Acilino Ribeiro, ambos da Secretaria de Relações Institucionais e Sociais, o presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), Alexandre Navarro, o diretor-administrativo da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), Júlio Menegotto, o secretário-geral do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Leoclides Arruda, e a diretora de Regularização de Imóveis Rurais, da Terracap, Fabiana Torquato.

Fonte: Redação.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós