Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Moradores do Itapoã e do Paranoá ganham centro de atletismo

Pista inaugurada neste sábado atenderá ao menos 80 jovens atletas de projeto social. Governador de Brasília determinou a construção durante Roda de Conversa na região administrativa

Foto: Olivar de Matos

Mais de 80 jovens atletas do Itapoã e do Paranoá receberam hoje, do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, uma pista de 400 metros para treino. "Fizemos questão de atender a essa demanda o quanto antes porque sabemos da importância desta obra", afirmou Rollemberg. Ele determinou a construção após a Roda de Conversa do Itapoã, em 25 de junho. "Estamos muito felizes em atender a esses jovens e temos certeza de que daqui sairão muitos talentos", disse o governador na solenidade de inauguração do espaço esportivo, entre as duas regiões administrativas.

O local, que agora conta com uma pista de asfalto com sete raias, pista de brita e caixa de areia, antes era uma área de transbordo de lixo e entulho. Para resolver o problema, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), responsável pela execução, nivelou o terreno com aproximadamente 125 metros cúbicos de massa asfáltica, com três centímetros de espessura. O custo da obra foi de R$ 149 mil.

"O esporte é, sem dúvidas, um instrumento para construir uma sociedade mais saudável e menos violenta", apontou o chefe o Executivo local. Rollemberg adiantou ainda que a ideia para os próximos meses é continuar a fazer melhorias: "Vamos instalar refletores, plantar árvores e grama ao redor".

A secretária do Esporte e Lazer, Leila Barros, falou da importância da inauguração para aquela comunidade. “Precisamos continuar fazendo política a partir do tripé esporte, educação e cultura.” O atleta brasiliense Caio Sena Bonfim, de 21 anos, também presente na solenidade, aproveitou para incentivar os mais jovens: “Usem muito bem esse espaço”, pediu aos adolescentes. Sena ganhou medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto na última semana. “Tenho certeza que Brasília tem potencial para criar atletas cada vez mais completos”, afirmou.

Projeto
“É a realização de um sonho”, constatou o professor de educação física Gilvan Ferreira dos Santos ao olhar a pista pronta. Ele é o idealizador do projeto social que incentiva a prática do atletismo na região e o responsável por levar o problema ao governador de Brasília na Roda de Conversa do Itapoã. Na ocasião, ele explicou a Rollemberg que, para treinar, os atletas precisavam usar o estacionamento da administração regional, o acostamento das rodovias ou o Centro de Atletismo de Sobradinho, entidade não governamental ao qual é vinculado. “Faço esse trabalho há mais de oito anos e precisamos finalmente ter reconhecimento”, pontuou. Apesar de reconhecer a inauguração como uma resolução de grande parte dos problemas, o idealizador quer ir além. “Precisamos de um transporte de qualidade para buscar os jovens em casa”, constata.

A demanda para a construção da pista de atletismo foi reforçada pela estudante do nono ano do ensino fundamental Andressa Sueli Grinaldi, de 14 anos. "No dia eu chorei muito, passei mal, foi emocionante", lembrou. A adolescente faz parte do projeto há dois meses e conta que as condições de treino eram precárias. "Poucos dias depois que apresentei o problema na roda, vimos os tratores trabalhando: foi surpreendente", ressaltou a jovem. "Ainda está difícil de acreditar que conseguimos; estamos muito felizes." A pista pública, que ocupará uma área de 4 mil metros quadrados, será gerida pela administração regional, mas o projeto terá prioridade no uso.

Segurança 
Para a copeira Patrícia Francisca de Oliveira, de 38 anos, a obra é sinônimo de mais tranquilidade. A filha dela, Izaelly Messias Oliveira, de 12 anos, vai poder treinar perto de casa. "Me sinto muito mais segura com a pista aqui em Itapoã", afirmou Patrícia. No projeto há pouco mais de dois anos, Izaelly diz que mudou muito desde que entrou. "Fiquei mais responsável, focada”. Segundo a mãe dela, os ganhos foram imensuráveis. "O esporte não é só saúde, não é só medalha, percebemos claramente que a prática melhora vários aspectos", avaliou.

Ter um espaço dedicado ao atletismo perto de casa também fez a alegria do estudante Izaque Evangelista Passos de Sousa, de 18 anos. “O aumento do espaço só vai contribuir para termos mais resistência e melhorarmos nossa performance”, comenta o jovem, que treina ao menos três vezes na semana.

Participaram da inauguração o diretor administrativo da Novacap, Júlio Menegotto; o secretário de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, José Guilherme Leal; a secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Jane Klebia Reis; o administrador do Paranoá e do Itapoã, Eduardo Rodrigues da Silva; e os deputados distritais Julio César (PRB), líder do governo na Câmara Legislativa, Dr. Michel (PP) e Joe Valle (PDT).

Fonte: Redação.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós