Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Pacto pela Vida é tema de encontro com conselheiros comunitários de segurança

Programa de redução dos índices de criminalidade deverá estar implantado em todo o DF até julho

Foto: Olivar de Matos
Representantes dos 34 conselhos comunitários de segurança de Brasília participaram, nesta terça-feira (2), de reunião de trabalho com o secretário da Segurança Pública e da Paz Social, Arthur Trindade. Durante o encontro, no auditório do Centro Universitário do Distrito Federal, foram apresentadas as diretrizes do programa Pacto Pela Vida, criado para reduzir os índices de criminalidade em Brasília.

Arthur Trindade considera satisfatórios os resultados obtidos nas 12 regiões administrativas onde o projeto está implementado. "Tanto a comunidade quanto as forças policiais se adaptaram a essa metodologia de policiamento orientado para a solução de problemas", constatou o secretário.

Presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança, Neife de Alcântara aposta no sucesso da iniciativa que, até o fim de julho, deverá estar implantada em todo o Distrito Federal. "Estamos certos de que essa semente renderá bons frutos para melhorar a segurança de Brasília."

O programa prevê a realização de reuniões sistemáticas com moradores de determinada localidade. Com base na coleta de informações é traçado um diagnóstico e elaborado um plano de ação para enfrentar as questões apresentadas pela comunidade.

Por meio de ações integradas das forças de segurança e organizações comunitárias, o pacto busca a redução da ocorrência de homicídios, latrocínios (roubo seguido de morte) e lesões corporais. Também tem o objetivo de proporcionar maior sensação de segurança à população brasiliense.

Eixos de atuação
O programa é centrado em quatro eixos de atuação. Além de combater os crimes contra a vida, contribui para diminuir os casos de roubos a pedestres, de veículos, em ônibus e em comércios e, ainda, os furtos em veículos. Aumentar a confiança nas instituições, melhorar a prestação do serviço público de segurança e promover serviços de prevenção à violência são outras diretrizes do Pacto pela Vida.

A atuação efetiva dos Conselhos Comunitários de Segurança e de outros segmentos organizados da sociedade civil é fundamental para o êxito do projeto, avalia Márcia de Alencar, subsecretária de Segurança Cidadã, da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social. "Entendemos que, sem eles, as forças de segurança não são capazes de garantir o bem-estar social de que tanto precisamos."

Também participaram da reunião de hoje o diretor-geral da Polícia Civil, Eric Seba, o chefe do Estado-Maior da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Nunes, e o assessor técnico do comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Rogério de Assunção Cruvinel.

Fonte: Redação.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós