Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Flagrantes de tráfico de drogas no DF crescem 52,4% em cinco meses

Aumento de janeiro a maio de 2015, em relação ao mesmo período do ano passado, é resultado de ações das Polícias Militar e Civil


Nos cinco primeiros meses do ano, os flagrantes de tráfico de drogas cresceram 52,4% em comparação ao mesmo período de 2014 — subiram de 845 para 1.288. A repressão ao uso e/ou porte de entorpecentes aumentou 82,4%: foram 1.753 ocorrências registradas em 2014 contra 3.198 em 2015. A maconha foi a droga mais apreendida de janeiro a maio — quase 1,2 tonelada. No mesmo período, também apreenderam-se 103 quilos de crack, 47 quilos de cocaína e aproximadamente 1,4 mil microsselos de LSD.

Com o reforço de mais cerca de 1,7 mil homens nas ruas desde o início do ano, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) conseguiu intensificar a operação Redução dos Índices de Criminalidade, realizada de quinta a domingo nas regiões administrativas de Brasília. "Aumentamos as abordagens e, com isso, conseguimos tirar armas e drogas de circulação", destaca o chefe do Departamento Operacional da PMDF, coronel Mauro Lemos.

Investigação de quadrilhas
A Polícia Civil trabalha na investigação de quadrilhas especializadas. De janeiro a maio, a Coordenação de Repressão às Drogas (Cord) prendeu cerca de 30 traficantes com atuação de médio e grande portes. "Com essas prisões, há um grande impacto na cadeia do tráfico, prejudicando os que atuam na ponta no negócio", afirma o chefe da coordenação, delegado Rodrigo Bonach.

De acordo com Bonach, a prisão de traficantes também está ligada à redução de crimes que geram sensação de insegurança na população. "Ao retirar de circulação quem abastece o comércio de drogas, verificamos que os índices de homicídios, roubos e furtos diminuem indiretamente."

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós