Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

Atualização de escala da Saúde no Siga Brasília será aprimorada

Gestores da pasta farão mudanças nos dados divulgados sempre que houver necessidade


A Secretaria de Saúde do Distrito Federal vai aprimorar a atualização da escala de profissionais da pasta no aplicativo Siga Brasília. Até o fim da semana, gestores de cada unidade do órgão terão autonomia para fazer alterações nos dados divulgados sempre que houver necessidade.

Para o controlador-geral do DF, Djacyr Cavalcanti de Arruda Filho, as mudanças mostram que o objetivo do aplicativo — de contribuir para o controle social sobre a gestão pública — está sendo alcançado. "A ferramenta permitiu a compreensão dessas dificuldades, antes quase imperceptíveis. A ideia é impor, com base nessas percepções, mudanças na administração", pontua.

A escala dos profissionais já ficava disponível no site da Secretaria de Saúde antes de ser divulgada também no aplicativo, lançado semana passada pelo governo de Brasília. Segundo o subsecretário de Tecnologia e Informação da pasta, Ruy de Carvalho, a lista era atualizada uma vez ao dia. Com as mudanças, essa frequência aumentará para pelo menos três períodos, em horários que marcam o início de cada turno — às 7, às 13 e às 19 horas. "A informação ainda deve estar na porta do pronto-socorro, seja em cartaz ou em painel eletrônico", completa o secretário de Saúde, João Batista de Sousa.

Ajustes
De acordo com Djacyr, os ajustes no Siga Brasília são esperados. O Distrito Federal é a primeira unidade da Federação a lançar uma ferramenta nesses moldes. "A realidade do aplicativo móvel é diferente da do site. Como é uma demanda nova, é normal que o trabalho também se adapte", resume o controlador-geral do DF.

O sistema já teve 30,5 mil acessos desde o lançamento, na última quarta-feira (24), até o meio-dia de hoje (3). A escala de profissionais da Saúde é o segundo item mais procurado pelos usuários do Siga Brasília (22,28%), atrás apenas da remuneração dos servidores (43,22%).

É possível baixar o aplicativo nas lojas do Google ou acessá-lo pelo navegador de qualquer computador, tablet ou smartphone, por meio do endereço sigabrasilia.df.gov.br. O serviço é gratuito e dispensa cadastro. Foram realizados 9.493 downloads.

Fonte: Redação.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós