Últimas

%23BrasíliadeTodosNós

52 casais se casam em cerimônia coletiva

Solenidade ocorreu no Teatro Pedro Calmon na tarde deste sábado (30). Próxima edição do programa ocorrerá em 31 de outubro
Foto: Renato Araújo
A dona de casa Rosilda Pereira Cerqueira e o aposentado Vilmo de Freitas Nunes casaram-se na tarde de sábado (30)

Aquele dito popular de que o amor não tem idade combina muito bem com a história da dona de casa Rosilda Pereira Cerqueira, de 54 anos, e do aposentado Vilmo de Freitas Nunes, de 61. Depois de 34 anos juntos e duas filhas, eles resolveram assinar a papelada matrimonial na tarde deste sábado (30). A cerimônia teve como testemunha outros 51 casais, que também oficializaram a união durante o casamento comunitário no Teatro Pedro Calmon, no Setor Militar Urbano, em uma ação promovida pela Secretaria de Justiça e Cidadania.

Essa foi a 11ª edição do Alma Gêmea, que, desde 2012, uniu 797 casais. A próxima celebração está prevista para 31 de outubro, e as inscrições começam no início de julho. O objetivo do programa — que isenta os noivos de qualquer custo — é regularizar o estado civil de pessoas de baixa renda para garantir os direitos patrimoniais, sucessórios e previdenciários da família.

O secretário de Justiça e Cidadania, João Carlos Souto, explicou que casamentos comunitários ocorrem em outras unidades da Federação e que trazê-los para Brasília foi um sucesso. "Firmamos parcerias e, pela primeira vez, fizemos essa grande festa sem nenhum recurso do governo." O casamento comunitário contou ainda com a presença do governador Rodrigo Rollemberg. "Esse é um instrumento que faz a felicidade das pessoas e, além de tudo, legaliza a união", afirmou o chefe do Executivo local, durante a cerimônia. Rollemberg estava acompanhado de sua esposa e colaboradora do governo, Márcia Rollemberg.

Muito emocionados, Rosilda e Vilmo atravessaram o tapete vermelho ao som da música Alma Gêmea, interpretada pela Orquestra da Escola de Música de Brasília. Acompanhados do neto de 8 anos, João Victor Nunes, eles não hesitaram em dizer sim em coro com as outras dezenas de casais. "Ele disse que se apaixonou por mim assim que me viu, por isso quisemos selar mais essa etapa de nossas vidas com muita alegria", disse a noiva em lágrimas.

Fonte: Redação.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© direitos reservados
feito com por Brasília de Todos Nós